• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Banco

Resolvi ir ao Banco, precisava tirar um dinheiro para efetuar um pagamento.
Fui até o caixa eletrônico, inseri meu cartão, a máquina emitiu um comprovante dizendo que meu cartão estava bloqueado e que eu fosse a agência mais próxima, pois precisava de uma senha para liberá-lo.
Já estava na agência mesmo e eram dez horas, parei e pensei melhor resolver agora, deve ser coisa rápida.
Entrei na fila, esperei e ao chegar a minha vez, um atendente bastante jovem me perguntou o que tinha acontecido, contei-lhe tudo.
Ele pediu meu nome e constatou que por um erro do banco eu não tinha cadastro.Havia apenas meu nome e número da conta e nada mais.
Confuso e perdido não sabia como proceder.Pergunta pra um, pergunta pro outro e nada.
Ele resolveu perguntar a gerente como proceder diante da situação.
Apresentou-me a solução ir falar com a responsável de abertura de contas que poderia resolver meu problema.
E lá vou eu para o setor de abertura de contas.Havia uma atendente e quatro pessoas na minha frente:três abrindo conta e uma com algum problema na conta salário.
Comecei a observar: as atendentes algumas bastante jovens, umas conversavam no telefone, umas batiam papo entre elas ou com clientes conhecidos.
E a hora passando, um cliente perdeu a paciência entregou a senha e saiu a resmungar.
Surgiu uma atendente que tendo percebido as expressões do meu rosto, pois já eram quatorze horas e eu estava ali desde a abertura do banco as dez da manhã, resolveu me atender.
Expliquei a situação, ela perguntou pra outra do seu lado o que fazer e ela disse não saber.
Ligou pra Márcia e nada, pro Caio e nada e ninguém sabia como e o que fazer.
Eis que surgiu uma outra atendente disposta a ajudar, será?
Conseguiu, resolveu meu problema.Cartão liberado as quatorze horas e cinquenta minutos.
Liberado mesmo?Caso não tiver liberado voltarei aqui para vocês resolverem o problema.
E lá fui eu no caixa eletrônico.Cartão liberado!
Isso, porque na minha cidade tem a lei dos quinze minutos, qualquer estabelecimento bancário é obrigado a atender seus clientes neste tempo.Uma Lei boa na teoria e que não funciona na prática.
Você chama a polícia, eles fazem um boletim de ocorrência, notificam o gerente e fica tudo por isso mesmo.
Depois de uma semana, voltei ao banco, fui até o caixa eletrônico e advinha?
Cartão Bloqueado...rrssss
Dou risada de raiva.De saber que terei de passar por tudo de novo, perder um dia inteiro de novo, pois na última vez fiquei das dez horas da manhã as quinze horas para resolverem meu problema que foi um erro do banco e não meu.

Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

6 comentários:

  1. Retribuindo o teu comentário no Blog do Jeco.
    Aposto que esse teu caso aconteceu com o teu cartão Bradesco, né? kkkk.
    Vou relatar o que aconteceu comigo:
    TÃO BELÉM
    EU RESPEITO A LEI DA FILA

    Tave eu na fila dum banco e nadica de nadade pintar minha vez. Rasguei, fui dar um rolé e retornei para o rabo. Fiquei lá um bocado de tempo, não fui atendido, dei no pé de novo. Fiquei nessa de ir e vir sem mentira nenhuma três ou quatro vezes. Esperava na cobrinha, não chegava a minha vez, não contava conversa, ia bestar um pouco e retornava mais uma vez para o fim da fila.

    Tanto fiz que um camarada que também estava na cobrinha encasquetou de me perguntar:
    -olhe, não me leve a mal, mas o senhor tá no seu juízo perfeito? Já perdi a conta das vezes que o senhor sai e entra aqui na fila. Pirou, foi?

    Encarei o lazarento e mandei na bucha: - Pirado o cacete, pô. É que eu respeito a lei. Não existe aqui a lei aprovada na Câmara que determina que não se pode ficar mais de 20 minutos numa fila? Para mim, lei é coisa sagrada, cara. Quando tá pingando esse tempo, eu - ó - capo o gato e volto de novo..


    http://blogdojeco.blogspot.com/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Hahahahahaa... A velha história do banco! Que jogue a primeira pedra quem nunca ficou séculos para resolver um problema de banco... E é insuportável saber que o erro é do banco e não do cliente!!!
    Post bem escrito... Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. por isso que tenho preguiça de ir fazer minha conta em banco^^"

    ResponderExcluir
  4. Sempre pensei em trabalhar no procon,
    eu num gosto de comprar muito não...
    fazem propagandas mirabolantes,frascos coloridos,
    os bancos oferecem vantagens...
    Quando voce vira cliente,te esculacham,
    fazem descaso...
    Eu já num compro,quando busco um serviço querem me sacanear ?
    Eu faço barraco mesmo,
    se eu que to sustentando eles me devem respeito
    tenho cada história...
    beijo

    ResponderExcluir
  5. PQP!
    Deu raiva so de ler seu post.
    Acho que todo mundo ja passou por uma situacao parecida.

    E essa lei que realmente soh existe na teoria, deveria mudar alguma coisa.

    INfelizmente precisamos dos bancos, mas eles ainda nao aprenderam a tratar bem seus clientes

    abracos, passa la depois

    www.indahell.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Aff, esse povo que trabalha em banco, é um bando de preguiçosos (nem todos, mas a maioria!).

    Hj uma dessas garotas que dão fichas pra qm vai resolver problemas no banco, não qria dar a ficha pra mim e pra minha mãe, disse que tinha acabado, mas o interessante é que a mesa dela estava cheia de fichas. PQP ela quis tirar onda com a garota errada (logo eu uma Adolescente em Crise) eu fechei com a cara dela!, quando ela viu que eu ñ tava pra brincadeira, me deu rapidinho a ficha (tbm eu só faltei soltar raios laser's pelos meus olhos).

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet