• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Trote

Enfim, chegou o mês de Fevereiro e com ele o ínicio das aulas...
Depois de meses de estudo e conseguir entrar na universidade, surge o medo o Trote!
O Trote nada é que um ritual de iniciação ao chamado calouro a vida universitária.
O Significado da palavra trote no dicionário é a forma como o cavalo se movimenta entre a marcha lenta e o galope, o que dá a entender que o veterano estaria domesticando o calouro para que ele aprenda como se comportar.
O Ritual surgiu na Idade Média nos cursos das primeiras universidades européias, quando os calouros não podiam assistir as aulas na mesma sala que os veteranos e eram colocados nos vestíbulos (lugar onde eram colocadas as roupas dos alunos). Os calouros tinham suas roupas retiradas e queimadas, e seus cabelos eram cortados.
A forma de trote mais comum nas universidades é o corte de cabelo, a pintura e pedágio que não são considerados violentos por alguns calouros, desde que não sejam forçados a fazê-lo.
Muitas vezes estes trotes vistos como brincadeiras para alguns, se tornam violentos, agressivos, de mau gosto e humilhantes para os calouros e acabam parando nas páginas dos jornais, nas revistas e até mesmo na televisão.Alguns deixam de comparecer aos primeiros dias de aula com medo do que possa vir a acontecer.
De quem é a culpa?Do veterano que aplica o trote? Da universidade que deixa o trote ser aplicado?
De Ambos, do veterano que faz e da universidade que permite.
Os Trotes deveriam ser Solidários, Educativos ou de Cidadania : arrecadação e doação de alimentos, brinquedos, livros ou roupas para pessoas carentes, campanhas educativas, doação de sangue (os bancos de sangue vivem pedindo doadores), ações ambientais(cultivo de plantas. reciclagem) atividades recreativas em comunidades carentes ou creches ou até mesmo a prestação de algum serviço voluntário.
Precisamos tentar modificar a cabeça das pessoas para estimular os trotes solidários.
O primordial é dar uma nova cara ao trote, algumas universidades já se conscientizaram e só permitem trotes solidários.
Ao invés de agressividade, humilhação, mau gosto e violência é preferível atos mais solidários, saudáveis, voluntários, benéficos e educativos.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

20 comentários:

  1. Adorei seu jeito de escrever...
    e seu blog ta super lindo...
    Beijos querida ;*

    www.daqueelejeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu jeito de escrever... Prende a atenção...
    e teu blog ta mto lindo viu...
    Beijosss ;*

    www.daqueelejeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Interessante! Hoje mesmo vi uma reportagem inteira sobre trotes violentos e solidários.
    Sou totalmente contra trotes que não sejam solidários, mesmo aqueles que só pinta e tem pedágio. Estamos deixando passar muita violência e, na educação principalmente, não combina.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Você falou tudo!
    Eu sei que existem universidades que já aplicam trotes solidários, mas a maioria não tem esse programa. Os veteranos pintam e bordam em cima dos calouros sem chance de defesa. Tem brincadeiras que são saudáveis, mas algums são humilhantes e me arrisco a dizer traumatizantes. Não dúvido que muita gente já tenha desistido de ir para a faculdade depois de ter tomado um trote humilhante!

    http://cerebro-musical.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. eu sou veterano na faculdade que estudo em nem dou mais trote pq é algo ridiculo! Não tem graça pintar as pessoas e fazer as coisas que geralmente fazem com elas. E trote solidário tem que ser feita de forma mais eficiente pelas faculdades que é algo que também não ocorre.

    ResponderExcluir
  6. Adorei teu blog, e você escreve bem :D

    ResponderExcluir
  7. Acho trote uma curtição bacana, é legal você ser zoado quando entra na facul, faz parte, todo mundo espera por isso e é bacana também zoar quem entrou, afinal agora você é o tão sonhado VETERANO.
    Mas eu considero trote cortar cabelo, pintar, até pegar um dinheiro ali, outro cá. Agora bater, ofender ou qualquer coisa do gênero creio que não seja trote e sim falta de eduação.
    A universidade é a menos culpada desses casos isolados, que já não estão mais tão isolados assim, pois a elae é obrigada a dar a educação profissional para o ser e não a educação que tinha que vir de casa, dada pelos pais.
    Adorei o blog.
    Bjos
    http://femaleangels.zip.net

    ResponderExcluir
  8. Disse tudo mesmo!
    Eu tô na facul tb, ao inves de trote, fomos lá conhecer o pessoal do primeiro ano!

    ResponderExcluir
  9. sinceramente.. trote desse tipo é só pra tentar descontar e legitimar violência.
    belo blog!

    ResponderExcluir
  10. eu sei se um dia eu consegui entrar numa faculdade ,eu vou ser vitima do trote,mas espero que não seja nada humilhante ou fatal,que acontece muito

    ResponderExcluir
  11. Olá. Acabei de conhecer o seu blog. Gostei! =]

    bjos =*

    ResponderExcluir
  12. Você viu que em Sampa ocorreu um espancamento de um calouro de uma faculdade de Marketing famosona? O cara ficou toooodo quebrado!! Não gostou do trote, retrucou, e os caras arrebentaram com ele! Oo

    Impressionante como passa ano, entra ano e essa história de trote violento não acaba... ¬¬

    ResponderExcluir
  13. Essa epoca do ano é cheio de calouros andando pintados pelas ruas...

    ResponderExcluir
  14. o meu trote e na segunda milena..hehe medo. existem trotes solidarios na minah facu bem legal,como sempre uma escrita "exageradamente" boa hehe sou seu fã..


    http://contemporaneoeindiscreto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Pois é. Estou pra entrar na universidade e estou morrendo de medo de trote. Aguento pintura na cara, esforço físico, agressão verbal e talz... mas acho que choro se cortarem o meu cabelo.
    E aparecem cada vez mais reportagens de trotes que deram perigosamente errado. Dá muito medo.
    Acho que o trote consciente, como você sugeriu, seria bom para todos, mas isso é uma questão de mudar toda a cultura do país. Fica bem difícil.
    Os jovens brasileiros ainda são muito inconsequentes e irresponsáveis.

    Adoreo o blog e o tema do post. Até porque tenho pensado muito nele. hahhaa
    Um beijo!

    http://gmdourado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Estou na mesma situação, mas minhas aulas começam só em final de março. Não sou contra o trote, desde que a pessoa queira, acho saudável... mas tem que tomar cuidado com tintas que queimam e pele, cortes de cabelo acho meio desnecessário... Claro, que o trote solidario é uma idéia muito mais interessante e que deveria ser mais utilizada. Parabéns pelo blog.
    Um abraço.

    http://gazzetainsana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. concordo plenamente, o trote tem sido cada vez mais abusivo e violento :/ os veteranos não sabem brincar, eles apelam, e ai dos calouros se não seguirem o que eles determinam, muito interessante a idéia de trabalho voluntário! é solidário e mais humanitário, não humilha e nem machuca ninguém!

    ResponderExcluir
  18. É isso aí Millena! Concordo plenamente com seu ponto de vista. Porém sou um pouco mais rígido com relação aos trotes violentos.

    Na minha opinião, fez trote violento, expulsão imediata da universidade ou faculdade. E impedido de estudar por pelo menos dois anos.

    Só assim os trotes vão diminuir razoavelmente.

    Afinal, esse país tem leis ou não?

    ResponderExcluir
  19. Abomino a violência de certos tipos de trotes, mas ninguém é obrigado a se submeter a isso.

    ResponderExcluir
  20. Nem me fale nesses trotes... simplesmente ridículos e criminosos... valeu de novo!

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet