O Perfil Telespectador Brasileiro

O telespectador brasileiro é um dos grandes consumidores de TV no mundo, portanto seu nível de exigência tem ficado cada vez maior.
O perfil do telespectador brasileiro mudou com o advento da internet, ele tem selecionado cada vez mais o que vê ou o que gosta de ver.
Inicia-se uma novela ou um programa de auditório, não consegue-se a audiência esperada e logo tratam de fazer as devidas modificações para agradar o telespectador.
Eles possuem um senso crítico sobre o que vêem na televisão brasileira.
A TV a cabo e a internet estão possiblitando as pessoas a terem outras opções de programação e notícias.
Já foi o tempo que engolíamos a programação que nos era empurrada por falta de opções e monopolização.
Hoje, se não gostamos de um programa ou uma novela mudamos de canal, desligamos a TV e buscamos outros afazeres.
Como ainda tem tanto programa ruim na TV então?
Se o programa está no ar é porque com certeza tem pessoas que assistem, porque se não tivesse já estaria fora do ar a tempos.
Ainda tem aquelas pessoas que reclamam, mas assistem aos programas por pura comodidade.
Eu prefiro a blogosfera, encontro blogs criativos, interessantes e inteligentes, que com certeza jamais encontraria assuntos deste nível na TV brasileira.
O Telespectador é quem controe a grade de programação, a TV é mera coadjuvante.

13 comentários:

  1. Concordo totalmente com vc...
    Com a internet vc ve até mais do q a TV mostra.. :)

    ResponderExcluir
  2. Exatamente, comodidade. Me canso de presenciar pessoas reclamando de diversos programas e afins.. mas, continuam a assistir. Há tantas outras ferramentas para a distração basta procurar.

    ResponderExcluir
  3. Realmente muita coisa mudou nestes ultimos anos. A internet contribuiu muito a essas mudanças. Vieram "novas" informações para a população. A rede Globo por exemplo embora ainda seja a maior emissora de tv do Brasil não está mais tão popular como a 20 anos atrás. A rede Record cresceu rapidamente enquanto o SBT de televisão e a Band estacionaram no tempo. Não se faz mais novela como antes (daquelas que influenciavam o País com modas e pensamentos) ou esta nova geração passou a ter novos valores.Os programas de humor... Bem... CQC, Tom,Legendários,... bem dierentes de Jõ Soares, Chico Anísio; Até a pça é nossa não é mais a mesma. Realmente os tempos mudam...


    Obs.: Parabéns pelo seu Blog !!!!!

    ResponderExcluir
  4. Isso é verdade. Lembro-me bem das antigas tardes de domingo onde assistir Raul Gil era quase obrigação. Não tínhamos acesso fácil à Internet e menos ainda TV à cabo.

    Hoje em dia, essa busca pela audiência resulta no troca-troca de apresentadores e emissoras o tempo todo. E, ainda, na programação quase igual de todos os canais.

    ResponderExcluir
  5. Eu não suporto ficar meia hora na frente da TV, senão quando estou vendo filmes. Não suporto a programação da TV aberta. Muitos gostam e pensando no que você disse, acho que grande parte por comodismo mesmo. Também prefiro a blogsfera, tem muito conteúdo bom por aqui (e ruim também), mas temos o opções e escolhas.

    ResponderExcluir
  6. Com certeza tudo que o que você disse é verdade.
    Hoje com mais conhecimento com o poder de escolha as pessoas procuram o que mais lhe agrada na TV brasileira. Com a exigência e o crescimento na TV à cabo no território brasileiro, vemos como a maior emissora do país anda fazendo as suas últimas séries. Todas elas são baseadas nas séries norte-americanas. O gosto de alguns telespectadores está ficando refinado graças ao consumo de produtos produzidos pelas empresas internacionais, mas isso não desfavorece alguns trabalhos da televisão brasileira.

    ResponderExcluir
  7. Bem legal o Blog...
    Super interessante...
    abraços...

    ResponderExcluir
  8. hahaha' vejo todo dia minha tia reclamar das novelas bestas da globo..mais quando da a hora é sagrado ela ta la!
    sauhahuahuahu
    terrivel--'

    ResponderExcluir
  9. Milena você está certíssima.
    Ainda mais quando podemos refinar o que devemos e queremos ver, ainda tem muitos que preferem ficar com a sem cultura.
    Putz, é demais.
    10 para o post.
    xeros1

    ResponderExcluir
  10. Realmente "uma parte do público", está mudando, mas a maioria dos telespectadores ainda é formada por gente que nao tem a tv a cabo e nem tem acesso a internet, acho q esse perfil se refere mais a populaçao urbana classe media. trabalho numa cidade q dista apenas 20 quilometros de Salvador, e a maioria das pessoas aqui são bem desinformadas e desatualizadas,uma pessoa q trabalha com cartão de crédito me disse q veio fazer uma trabalho num bairro daqui e muita gente perguntou pra q servia uma cartão de credito? eu disse 20km, imagine 300... e é esse povo Brasil afora q forma a grande massa a ser manipulada pelas emissoras, especialmente a Globo q tem o melhor sinal e pega bem em todo lugar.

    agora é aquela coisa, o pulico q mudou é minoria sim, mas forma opinião, entao quem sabe este seja um passo p um tv aberta de melhor qualidade,
    a seguir, cenas dos proximos capítulos...

    ResponderExcluir
  11. concordo, a TV e internet tem levado bastamnte conhecimento aos brasileiros, e que brasileiro hoje em dia não tem uma tv ou uma internet?

    ResponderExcluir
  12. Olá Millena, como vai?

    Há pouco fui ao teu blog, para agradecer do último selo e você me taca mais dois! Quanto afeto! Obrigada.

    Este assunto muito me incomoda, há muito tempo fiquei sem assistir algo, apenas lendo algumas matérias de jornais, revistas e/ou blogs, que como bem salientou tem uma diversidade de cultura e informação, gerando certa dimensão a críticidade.
    Fui muito feliz em criar um blog, nem tinha ideia do que isto pode gerar e como acrescentou minha visão de mundo e vem acrescentando.

    Tem muito a dizer, entretanto Fernando Anitelli um cantor, um poeta que muito admiro, argumenta esta alienação nua e crua como ela é!

    Gostaria que desse uma olhada neste vídeo, a letra é extremamente reflexiva, dentre a listagem de músicas e ideias que o TM proporciona.

    http://www.youtube.com/watch?v=D0AKEDiVrWs&feature=related

    Um abraço

    http://memoriaspsicodelicas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Eu, como muuuita gente, fico bem mais tempo na internet do que em frente a TV (diferente do que antigamente). Cada vez, fico mais seletivo com o que assistir na TV. Antes, por exemplo, eu acompanhava até cinco novelas; já hoje em dia, assisto uma ou duas de vez em quando. Pra falar bem a verdade, não tem nenhum programa na TV aberta que eu acompanhe diariamente.
    Enquanto na blogsfera, eu fico horas e horas lendo coisas de meu interesse e que, como vc bem disse, jamais encontraria na TV. Agora, por exemplo, eu tô a mais de três horas lendo blogs - e ainda tenho muito mais pra ler.

    ResponderExcluir

Dê sua opinião mais com coerência, bom senso e argumentação.
Grata!