• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Máquinas do Sexo:Prevenção ou Incentivo?

O mundo mudou e o sexo não é mais tratado como um tabu pela sociedade.A cultura tem se tornado sexualizada e desde cedo se fala sobre sexo.
O governo resolveu então criar a máquina do sexo ou seja uma máquina que disponibiliza camisinhas dentro das escolas.
A máquina tem criado uma polêmica, alguns acham que é uma forma de incentivar o sexo e outros já acham que é uma maneira de prevenção de doenças sexualmente transmíssiveis, AIDS e a gravidez na adolescência.
No Brasil nascem 1 milhão de bebês de adolescentes por ano, o que significa que a gravidez na adolescência é uma realidade.
Muitas das adolescentes que ficam grávidas abandonam os estudos e tem suas vidas modificadas devido ao nascimento dos bebês.
Mas, por que muitas adolescentes engravidam?Por Falta de informação?
Não, a geração atual é a que mais tem informação sobre sexo, seja na televisão, internet, rádio e outras formas.
Ao contrário do que se pensa os adolescentes que não namoram se previnem mais com sexo seguro do que os adolescentes que namoram.
Os adolescentes que namoram por terem um relacionamento estável não se preocupam muito com a utilização de preservativo.
A ideia das máquinas foi criada justamente porque 9,7% dos estudantes dizem não terem dinheiro para comprar preservativo, mais de 37,5 mil adolescentes entre 13 e 24 anos tem AIDS e 44,7% de estudantes com vida sexual ativa não usam camisinha.
As máquinas não incentivam o sexo, porque ele está escancarado na nossa sociedade.
A prevenção é essencial, desde que ocorra uma orientação e claro tomar o máximo de cuidado para não estimular o sexo prematuro.
A distribuição tem que ser com consciência, senão o sexo será banalizado pelo adolescente e sem contar que o preservativo também não é um método totalmente eficaz para se evitar a gravidez, a AIDS e doenças sexualmente transmíssiveis, pois ele pode furar.
Orientação, conscientização, prevenção e só depois a distribuição.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

14 comentários:

  1. que bom seria se todos pudessem acompanhar posts como esse. Ótimo trabalho!!!

    ResponderExcluir
  2. Uma hora ou outra, os adolescentes que são virgens, perderão a virgindade. Digamos que 90% deles, perdem a virgindade antes dos 20. E NÃO É NA ESCOLA!
    O colegial tem idade média até os 18. Isso significa que a escola não é um ponto forte para o sexo. Por isso, eu acredito que a máquina do sexo não incentiva sexo. Ela faz com que os adolescentes tenham mais liberdade e segurança no que diz respeito a este assunto.
    É uma tremenda bobeira ficar dizendo que:
    "ahhhh, que horrorrrr, ela fez sexo e é tão novinha... 17 aninhos só... Deixa o pai saber".
    Pomba! 17 anos é nova pra sexo?
    É essas coisas que os mais velhos as vezes pensam... É novo e não pode fazer sexo.
    A grande realidade é que a máquina do sexo é um projeto que RECONHECE que é INEVITÁVEL o sexo entre adolescentes. Por isso, ela tem o objetivo de prevenir a gravidez e as DST.

    AGORA VAI UM EXEMPLO BEM CLARO DO QUE ESTOU FALANDO:

    Perdi a virgindade com 14 anos... Minha casa sempre foi lotada de camisinha e... NÃO USEI CAMISINHA.
    Fui irresponsável, mas... Se camisinha influenciasse o sexo, eu não teria deixado de usar...


    Bom post!

    ResponderExcluir
  3. Obviamente dentro das escolas teremos maiores problemas... E maiores concentrações de bexigas pelos corredores... hehehe

    mas em proximidades das escolas, principalmente das de ensino médio, eu considero um projeto até que viável

    ResponderExcluir
  4. virei seu leitor oficialll amei seu blogg
    vou indicá-lo no meu, posso?

    ResponderExcluir
  5. exatmente millena ..
    pq é complicado tbm se colocar uma maquina dessa lá, porqeu querendo ou não eu acr4edito qe isso incentiva sim ..
    antes de sair distribuindo (o qe acho qe é mt importante pra preservação) é necesssário uma conscientização dos adolescentes, um ensinamento e tudo o qe isso gera .. essa seria o modo correto :)

    -
    visite: http://amyfeelings.blogspot.com/
    *-*

    ResponderExcluir
  6. Todos deveriam ver seu post para se informar.

    Vejam meu blog: http://garimpodoeu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. digo, informação, modo de se portar e etc...

    ResponderExcluir
  8. depende... (cada um tem um visão deja ela diferente ou naum más só veremos resultado depois de feito.)
    www.tecnomoc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu acho uma pena que o sexo tenha se tornado algo tão banalizado a ponto de se chegar a isso .... talvez seja tarde para conscientizar os adolescentes mas talvez fosse uma opção melhor do que distrbuir camisinhas.

    ResponderExcluir
  10. O tema é complicado, eu acho que adolescente não deve transar porque ainda não tem maturidade suficiente para enfrentar a vida no caso de alguma coisa dar errado, mas se não tiver jeito, o negócio é usar camisinha mesmo!

    ResponderExcluir
  11. Realmente o tema é complicado. Adolescente dizer que não tem dinheiro para comprar preservativo é ... o custo médio é de R$ 1,00 !!!!
    Vontade de transar o jovem tem, mas não consegue arrumar R$ 1,00 para evitar DST ou para por um inocente no mundo.
    Antes que alguém diga algo sobre dificuldade financiera, devemos lembrar que estamos falando de vidas!
    Falando em conscientização, o jovem também precisa querer entender. Como citado no texto, essa geração é a mais bem informada.
    O problema mesmo é maturidade. Ter relações sexuais não é como mastigar chiclete ou ir no cinema. Tem que ter responsabilidade.

    ResponderExcluir
  12. Olá Milena,
    Reuni alguns selos no meu blog, pegue os que não tiver:
    http://enricows.blogspot.com/2010/12/para-comemorar-novos-selos.html

    Abraço!
    enricows

    ResponderExcluir
  13. temos que considerar que hoje o numero de relações sexuais entre adolescentes é uma realidade, considero que democratizar o preservativo não vai incentivar, não é e nunca foi o acesso a camisinha que fez o adolescente decidir se faz sexo ou não, pois se assim fosse não teríamos altos indicies de gravidez na adolescencia, pois estas não fariam sexo por nao terem camisinha.

    discordo que não seja na escola que aconteça isso, um adolescente tem sua principal relação de amigos na escola e assim tem muito mais chance de ter suas namoradas e namorados ali também, mesmo que não venham a fazer na escola, é um lugar em que as coisas começam.
    agora vivemos em uma cultura que hipervaloriza o sexo, seja em nossas musicas de duplo sentido, ou em programas de TV somos constantemente bombardeados com sexualidades, fica dificil incentivar o jovem a pensar diferente disso e depois ele ligar a TV e ver panico, ou um grupo de axé ou funk cantando.

    www.linhasdefuga.com

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet