• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Os Ídolos e os Fãs

Todo mundo tem ou teve algum ídolo na vida, seja: cantor, ator, atriz, banda, esportista, modelo, escritor, filósofo, apresentadora, político, dupla, humorista, empresário, cantora, personagem, desenho animado, jornalista, apresentador e tantos outros que são admirados pelo seu trabalho e como pessoa também.
Os fãs chegam a frequentarem shows, fazerem coleções de álbuns, fotos, objetos e notícias sobre os ídolos.
Isso faz com que a mídia, as revistas, os jornais e os sites de entretenimento busquem cada vez mais notícias sobre a vida pessoal dos ídolos, pois é de interesse dos fãs e o que dá lucro aos meios de comunicação.
Alguns ídolos não sabem como lidar com a fama, o assédio dos fãs e a insistente procura da mídia em saber sobre sua vida pessoal e acabam não aguentando a pressão.
Os fãs idolatram os ídolos como se fosse verdadeiros deuses, mas se esquecem que os artistas são pessoas normais como nós.
Eles choram, tem problemas, momentos de tristezas, instantes de solidão, erram, acertam, brigam, ficam com raiva, se divertem, namoram, enfim, os ídolos fazem tudo o que as pessoas normais fazem, pois são de carne e osso ou seja seres humanos.
Nos dias atuais os fãs trocam de ídolos com uma facilidade assustadora.
Muitos seguem a moda, se agora ser fã de tal banda é ter estilo e ser moderninho, eles se tornam fãs.
Alguns ídolos mesmo estando mortos, ainda vivem na memória de seus fãs e jamais são esquecidos por eles, esses sim, são os verdadeiros fãs.
O ideal seria que os ídolos fossem aquelas pessoas que servem como exemplo de vida para cada um nós, mas nem sempre estes são famosos e estão nas capas das revistas, dos jornais e nem dos sites.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

16 comentários:

  1. engraçado esse negócio de ser fã de alguém pelo modo como se veste e pelo cabelo...hahahaha
    gostei do blog
    beijão =*

    ResponderExcluir
  2. se os ídolos mudam natural tambem é mudar os fãs!!!

    http://filosofossuicidas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Ou seja todos nos deveriamos ter 3 idolos inestimaveis. Nossa mãe, nosso pai e Deus. Estes são os meus maiores idolos..
    http://projetosdeumlouco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. muito bom, mas fâ só de mim mesma...

    ResponderExcluir
  5. É engraçado as loucuras que fazem por seus ídolos, Justin B., foi á um programa de televisão, e colocou uma peruca que tapava todo o seu cabelo pra ver se suas fãs o amariam sem cabelo.
    70% das fãs, deram sinal de abandono, até ele revelar que era peruca :x

    retribuindo comentário.
    http://ismyimagination.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. tive alguns ídolos, mas nunca fui alienada... não sei o que se passa com oss jovens de hoje.
    hehehe
    http://maggieddawson.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk' essa foto de justin bieber fod's.... to te seguindo bjs me segue

    http://euniceelainemarinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Acho que existe o trabalho artístico que podem tocar as vidas das pessoas, ou outro trabalho qualquer. Não creio que eles devam ser exemplos de comportamento e muito menos que devem ter suas vidas pessoais vasculhadas. A parte pública do trabalho deles é que deveria ser material jornalístico, não a vida pessoal, mas na geração dos BBBs, tudo vira motivo p/ espetacularização.

    www.costabbade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Concordo com você. Hoje as pessoas seguem a mídia, e trocam de ídolos muito fácil. Chega a ser ridículo essa obsessão.

    ResponderExcluir
  10. Perfeito o post! Realmente as pessoas confundem ser fã, com imitar as aparencias de alguém. Ser fã é admirar alguém por algum aspecto, no caso dos famosos, em geral, por seu talento. Sou fã incondicional de Ayrton Senna e Elis Regina. O primeiro por ter sido de fato um campeão, não apenas nas pistas, mas um legítimo campeão, aquela figura do herói virtuoso, que sempre vem para nos salvar. A segunda, não tinha virtudes das mais admiráveis, era desbocada, contestadora, frágil, mas era verdadeira, corajosa e acima de tudo, humana. Ilustrei com essas duas figuras, que parecem se opor, por suas histórias de vida, para mostrar que a virtude está muito além do talento, do jeito, da aparencia, da condição. Temos que ser fãs de pessoas, e não de personagens, porque esses passam, o que fica de verdade é o que cada um tem de real dentro de si.

    Abração

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Realmente, fiz um post há um tempo atrás sobre a carência de ídolos, o que retrata ess triste situação dos últimos anos, onde pessoas com falta de talento conseguem atavés do seu público de mal gosto parecer da mídia.

    ResponderExcluir
  12. é a moda da modinha
    essa geração é mesmo muito efêmera em seus gostos

    http://falandosobreall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Lendo seu post me lembrei dessa música:

    "Nossos ídolos ainda são os mesmos e as aparências não enganam não..."

    ResponderExcluir
  14. Adorei o Blog !
    Amo essas dicas

    Já estou seguindo!

    Tá rolando um sorteio lá no Blog:
    . cabelolisoptbrasil.blogspot.com
    . brigadeironline.blogspot.com

    Participe!!! Você não pode ficar fora dessa!

    Bjokas

    Cris

    ResponderExcluir
  15. Sinceramente? Não tenho idolos. Gosto de um ator, ou outro e de uma banda ou outra, mas nada que eu venha seguir o que está pessoa disser. Admiro, sinto carinho e desejo o melhor pra eles. Mas não há nada que eles façam ou mande me fazer que eu irá fazer sem pensar.

    adorei o texto, muito bom :D

    Bjos
    http://relatosdegarota.blogspot.com/

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet