• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

O Problema da Falsificação

Desde que o mundo surgiu, inventaram a falsificação.
Só no Brasil em 2009 foram apreendidos 1,414 bilhões de produtos comerciais falsificados e 497 mil notas falsas de real com um valor total de 40 milhões de reais das quais 56% das notas falsificadas no país são de R$50,00.
Em 2010 foram falsificados 751 mil euros num valor total de 24 milhões de euros das quais 43,5% das notas falsificadas do euro são de €$50.
O mercado de artes é outro ramo atraente para os falsificadores seu valor é estimado em 6 bilhões de doláres.
O comércio de bens falsificados já representa 2% em relação as transações comerciais feitas no mundo.
O mercado da pirataria vale 250 bilhões de dólares ou seja apesar de ser crime e ilegal é um negócio que dá muito lucro.
Uma das piores falsificações é a de remédios são realizadas 1% nos países industrializados, 20% nos países da antiga União Soviética , 30% na África e América sendo que 50% dos medicamentos são adquiridos pela internet.
Uma irresponsabilidade de quem fabrica um medicamento falso que só pensa na ganância e em si próprio e não tem noção das consequências para quem compra.
E claro, pior ainda quem compra um medicamento neste mercado paralelo sem saber sua precedência e nem de como é fabricado o remédio.
Quem nunca comprou um produto caro e ao ver a etiqueta, se deparou com a surpresa de ler Made in China e se perguntou é falsificado ou não?
A China é um país especialista em falsificações de produtos e sofre constantes críticas de outros países devido esta situação.
Algumas falsificações de produtos são tão perfeitas que muitas vezes é impossível saber se compramos o original ou não.
Os preços mais baratos são constantes atrativos para os consumidores, pois alguns só podem comprá-los por este motivo.
Se prestarmos bem atenção, qualquer cidade brasileira tem barraquinhas vendendo produtos chineses.
Muitos destes vendedores perderam seus empregos e viram no mercado informal de produtos falsificados como:cds, óculos, celulares, bolsas e outros sua única forma de ganhar dinheiro.
O Brasil perde por ano 40 bilhões de reais por causa da indústria ilegal.
O problema todo se resume em criar oportunidades para que estas pessoas saiam das ruas e trabalhem em outras atividades.
Uma tentativa de baixar os impostos para os produtos brasileiros seria outra forma de concorrência leal dos nossos produtos com os dos chineses no país.
Com boa vontade e bom senso tem como encontrar uma resolução, mas tem que ter interesse.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

9 comentários:

  1. Poois é , concordo plenamente com você.
    As falsificaçõoes do Brasil tem sido, na grande parte dos casos, mootivos para prooblemas policiais.
    E, a causa para isso são os autos valores das mercadorias. Nem todos podem pagaar não sei quantos R$, por um cd ou por um produuto de pouco valor.

    ResponderExcluir
  2. "Uma tentativa de baixar os impostos para os produtos brasileiros seria outra forma de concorrência leal dos nossos produtos com os dos chineses no país."
    Tu resumiu minha opinião.
    Acho um absurdo comprar altos valores por coisas que poderiam sair a preço de banana .. por exemplo, um DVD.. ta abaindo aos poucos,mas ainda assim,é inacessivel pra muita gente.. na feira,e nos centros é R$ 2,00 reais.. se abaixar mais, as coisas facilitariam. O Brasil lucraria bastante, embora tivesse consequencias,acho que é mais benefico,e quando o lucro é maior que o preju, é melhor apostar.

    Abraços.
    Se puder retribuir,
    http://redesenhei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A falsificação possui vários motivos, o principal deles é a alta taxa de imposto que o governo nacional coloca nos produtos internacionais. O que era 50 reais lá chega por 190 reais aqui. Assim eu acho justo apelar por um falsificado, porque, porra, isso é um roubo, vendem coisas pelo triplo do que realmente valem. Se abaixassem esses impostos, aposto que muita gente pararia de comprar produto falsificado e consequentemente a taxa de falsificação abaixaria. É o que acho. =P

    http://animesinthesky.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Acho que todos nos sabemos da falsificação..
    mais eu não poderia negar, que ajudo, comprando produtos como por exemplo dvd's..
    mais muito bom seu post

    Passa lá no meu, tenho dicas boas para presentear sua mãe.
    www.jmphotosnet.blogspot.com

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Foi muito bom me manter informada aqui, tava por fora dessas informções precisas. Parabééns! Bjo;)

    ResponderExcluir
  6. Muito bom seu blog, postagens bem interessante, estou seguindo já , segue o meu :

    http://comentariocriticoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Postagem muito interesse, só gostaria de saber para onde iriam os 40 bilhões que o Brasil perde...

    parabéns pelo blog

    http://cinemaparceirodaeducacao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o tema abordado: pirataria! Existe culpa também no consumidor, que alimenta essa indústria cada vez mais maléfica às economias mundiais... Um indústria que sofre demais com isso é a fonográfica. A queda na venda de discos é brutal, e isso tem feito, por exemplo, com que as gravadoras invistam cada vez menos em novos talentos, produzindo artistas comerciais, apenas para vender discos, sem a preocupação com a qualidade musical.

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Nossa muito interessante..
    a pirataria precisa ser combatida, nesse ramo muitos espertinhos fazem furtuna..

    adorei o blog..
    seguindo..
    obrigada pelos comentarios carinhosos...

    http://papiando-adoidado.blogspot.com

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet