• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Convivência:A maior dificuldade de um relacionamento

Os relacionamentos tem se tornado cada vez mais difíceis com o passar do tempo.
Os namoros são totalmente diferentes de como eram na época dos nossos pais.
Hoje em dia muitas pessoas praticamente vivem um namoro como se fosse um casamento:viaja-se junto, tem roupas de um na casa do outro, dorme-se na casa do outro, o casal passa o fim de semana junto ou seja convivem mais com o outro do que com a própria família.
O casamento é um dos vínculos mais fortes que o ser humano experimenta, pois significa conviver, compartilhar e dividir a vida com outra pessoa.
No começo de todo relacionamento, o sentimento maior é o do encantamento e da paixão.
As pessoas são motivadas em um relacionamento pelo jeito de ser, de se comportar e pela beleza física, muitos não enxergam o outro como ele realmente é e sim pelo que aparenta ser ou nossa imaginação, atração e fantasia insiste em ver.
Acabamos por romantizar as situações e as pessoas, porém quando o relacionamento entra na rotina, tiramos a venda dos olhos e olhamos o outro sem máscaras.
A convivência é sem dúvida a maior dificuldade de um relacionamento, pois viver com uma pessoa de personalidade, princípio, criação, hábitos e pensamentos diferentes geram muitas vezes conflitos.
É natural que com um relacionamento ocorram as renúncias que são necessárias e inevitáveis.
Para uma melhor convivência é necessário compreender e saber lidar com as diferenças do outro.
Um desafio contínuo e complicado a ser superado para que um relacionamento dê certo.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

12 comentários:

  1. A palavra que mais define o tipo de relacionamento de hoje em dia é a "banalidade" .
    http://andyantunes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Concordo. O namoro está cada dia mais casamentizado(???). Acaba que os namoros são tão intensos que as vezes o casamento nem sai. O casal de namorados faz tudo que duas pessoas casadas fazem, menos morar juntos, o que convenhamos, é a parte mais difícil do casamento. Sendo assim, casar pra quê?
    Vale lembrar que no namoro você conhece a parte legal da pessoa, no casamento a parte normal, e na separação a parte má!
    Beijogro

    ResponderExcluir
  3. Realmente, existe uma desconexão entre o real e o sonho... e com isto, acabamos nos tornando mais e mais solitários.

    Belo post!

    ResponderExcluir
  4. ninguém tira da minha cabeça q os relacionamentos de hoje são influenciados por uma mídia novelística, tenho a sensação que todo mundo quer viver um romance de novela, quando na verdade só precisa vivenciar o seu próprio romance.

    basta ver nas mídias sociais,onde os mais jovens conhecem alguém há uma semana e coloca "casado" no orkut/facebook. o povo anda mais exagerado no romance do q o Cazuza dizia em suas músicas.
    valeu!

    ResponderExcluir
  5. Hj em dia, com 3 meses já moram juntos e em menos de 1 ano já acabou. E todo mundo se acha muito moderno.

    ResponderExcluir
  6. Toda razão, romantizamos sim. Mas acho que não só o relacionamento, talvez todos os pontos da vida. Abs!

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o blog. bem interessante! Relacionamentos não são o meu forte...rs Mas ctz é preciso saber lidar com as diferenças e aceitar o outro, deixando de lado a idealização.

    Parabéns!

    www.conteudotransversal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. A foto é muito apropriada e o pior é que é bem assim mesmo, acho que cada um tem a pessoa que merece por isso estou sozinho kkk

    ResponderExcluir
  9. Muitas vezes é isso mesmo. Criamos tantas expectativas que esquecemos de olhar a pessoa pelo que ela realmente é.

    - http://fernandaamylice.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Milena.

    Adoro quando você decide falar de assuntos com viés mais psicológicos.

    Eu acho que a coisa mais importante para a qual eu atento na hora de eleger alguém como um futuro possível namorado é a capacidade dessa pessoa de me compreender. Não de concordar com tudo que eu digo e dizer amém. Mas me encanta se eu perceber que um homem, mesmo não concordando comigo em diversos aspectos, mesmo não gostando de alguns defeitos meus, é capaz de compreendê-los. Para mim, não existe maior expresão de amor do que a compreensão, preservados os devidos limites, lógico, pois se não for assim, vira doença.

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet