• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Os Tipos de Mulheres descritas na Literatura


Quem nunca leu um livro e teve a sensação de conhecer alguma mulher com as características da personagem?
A literatura descreve mulheres que são muitas vezes reais.
Os Tipos de Mulheres descritas na Literatura:

1-A Enigmática:
É aquela mulher que os homens nunca sabem o que querem, gostam, pretendem e acham.Elas são misteriosas e envolventes. Um exemplo é Capitu (Dom Casmurro de Machado de Asis), não se sabe se ela traiu ou era uma paranóica de Bentinho.

2-A injustiçada
É aquela mulher que culpa os outros pela seu destino.A inveja e a má sorte são suas justificativas prediletas. Ela é competitiva, pois possui adversárias e não amigas.Um exemplo é Lúcia (Vestido de Noiva de Nelson Rodrigues), mesmo se casando com seu grande amor, o perde para sua irmã.

3-A Separada:
É aquela mulher que depois de anos de casamento enfrenta uma separação e acaba enfrentando os problemas de uma separação: a criação dos filhos, a traição do marido, o retorno a vida de solteira, o recomeço, o apoio das amigas e familiares.Uma separação não é tão fácil como parece.
Um exemplo é Mercedes( Divã Martha Medeiros), uma mulher que se separa e vive questionamentos e conflitos da vida moderna.

4-A Teimosa:
É aquela que não se entrega fácil a um amor, costuma testar o homem para ver se ele a merece ou realmente gosta dele.Mltrata, pisa e fere, só depois disso e de ter total certeza do amor dele se convence.Um exemplo é Ana Terra(O Continente Érico Veríssimo), que teve uma mistura de amor e ódio com um homem.

5-A Fiel:
É aquela mulher que tem fidelidade aos seus sentimentos e ao homem que ama, mesmo sendo traída.Um exemplo é Dona Flor (Dona Flor e seus dois maridos Jorge Amado), que mesmo depois da morte de seu marido, continuou amando-o.

6-A Libertina:
É aquela mulher liberal e bem resolvida, pega mas não se apega, relacionamento casual é com ela mesma.Sem arrependimento, moralismo e sem se importar com a opinião alheia.Um exemplo é C.L.B.(A Casa dos Budas Ditosos, João Ubaldo) que sem medo de conhecer os prazeres da vida e do preconceito alheio, vive o máximo seus relacionamentos casuais.

7-A Disfarçada:
É aquela mulher que se boicota, esconde sua feminidade, inteligência e beleza.Ela acha não precisa de casamento, tem uma tendência a mostrar que é forte e não necessita de homem para nada.Um exemplo é Diadorim(Grande Sertão:Veredas, Guimarães Rosa), um colega se apaixona por ela, mas acaba se confundindo com sua aparência e acha que ela é ele.

8-A Crédula:
É aquela mulher que acredita em tudo que as pessoas dizem a ela.Ela se anula para não incomodar os outros.Ela não briga pelas coisas, apenas aceita o que acontece em sua vida como se fosse o destino querer isso.Um exemplo é Macabéia(A Hora da Estrela , Clarice Lispector), aceitou o fim de seu namorado naturalmente e procurou uma cartomante para saber o que deve fazer.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários:

  1. Acho que eu sou mais do tipo enigmática, haha. Post interessante.
    Beijo.
    --
    http://classicheap.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii, saudades por onde andas?

    Realmente se catalogarmos elas são sempre uma dessas. Acho difícil as vítimas pois pegam no nervo e também é preciso ter a madrasta má para fazer mal à elas, ou não seriam vítimas então a gente passa o livro inteiro se contorcendo rsrsrs

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet