• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Por que o amor acaba?

Quando o assunto é sentimento, não há regras.
Na teoria, aquelas fórmulas para um relacionamento ser bem sucedido parecem ser perfeitas, mas no dia a dia não é tão fácil assim.
Pode parecer óbvio, mas, a sobrecarga de atividades diárias tem atrapalhado o interesse por pequenos detalhes que alimentam o amor.
A acomodação e até a segurança de que já conquistou a pessoa amada podem ser boas, mas também podem ser um sério risco para que aquele amor desapareça.
Tem muitos casais pedindo a separação mesmo se amando, e isso porque a chama da paixão apagou, porque a pressa por ter, fazer e se destacar acaba vencendo essa batalha.
Claro que não existe um caminho único que leva ao ato de desapaixonar-se e isso não acontece do dia para a noite.
Por isso, é necessário prestar atenção nos sinais.
A falta de respeito nas diferenças, o pouco caso com as conquistas do outro e a ausência de companheirismo são alguns dos sintomas que desencadeiam a intolerância e as vezes até a versão a pessoa que um dia foi foco de um sentimento.
Para compensar o relacionamento que não vai bem muitas pessoas ficam obcecadas pelo trabalho ou pelos filhos.
Mas, essa não é a melhor saída, pois, fingir é um processo mais doloroso que a tomada de uma decisão.
Quando uma pessoa decide passar por cima de situações só para manter uma relação, corre o risco de destruir algo amigável.
O medo da solidão pode levar ao esforço de manter um relacionamento sem amor.
O diálogo é fundamental para resolver os problemas e saber o que se passa na cabeça da outra pessoa.
Se houver interesse e disposição das duas partes é possível recomeçar.
Todos mudam e as necessidas também, mas nem sempre o outro lado compartilha o mesmo nível de compreensão e crescimento, o que gera conflitos.
Neste momento, o amor pode continuar, mas sobre ele surge exigências, carências e outras questões nem sempre superadas.
É uma mistura de sentimentos do tipo, amo, mas quero ver longe, por não estar satisfeito com a pessoa.
A melhor saída nestes casos, pode ser terminar a relação, algo bastante delicado, mas que, muitas vezes, torna-se necessário para a felicidade dos dois.
Ter disposição para assumir e investir em seus próprios sentimentos é que faz a diferença.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

13 comentários:

  1. Quando se ama alguém, não basta amar a ideia de amar e ser amado. É preciso amar o que a rodeia, respeitar seus gostos, sua vida. Pode parecer complicado, mas a verdade descomplica tudo isso. Maravilhoso seu texto, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. O amor não acaba, o que acaba é a paixão.
    hoje em dia as pessoas tem uma liberdade absurda em suas escolhas e opções sexuais...isso faz cada vez mais os jovens que mal se conhecem irem morar juntos como se a paixão que sentem fosse um amor de verdade.
    O dia a dia e a correria absurda que temos nos dias de hoje leva a outro detalhe importate, a carência. Falamos e fazemos cada vez mais coisas pelo mundo virtual e quanto uma pessoa simplesmente conversa com outra de uma maneira mais cordial já é o suficiente para se aproximarem e sentirem um sentimento que preenche o vazio do dia a dia.
    O que esta havendo é uma tremenda confusão de sentimentos nas pesssoas que andam cada vez mais escravas das parafernalhas eletrônicas e esqueceram que tem sentimentos.

    E os jovens precisam para de casar quando estão apaixonados, paixão vem forte e acaba de uma vez, o amor é quando gostamos de alguém pelos seus defeitos e não por uma ilusão momentânea.
    Do jeito que estão indo as coisas, os números de divórcios vão continuar subindo e batendo recordes.

    ResponderExcluir
  3. Faço parte daquele grupo que quando se deixa de amar é porque nunca foi amor.
    http://primeirapessoa-dosingular.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. rua amor é uma coisa muito louca por que faz um ano que namorava com a menina e depois 6 5 anos que termine com ela eu ainda gosto dessa menina às vezes choro só floriano se quer amar te e você agora tô pedindo uma ajuda de vocês o conselho

    ResponderExcluir
  5. rua amor é uma coisa muito louca por que faz um ano que namorava com a menina e depois 6 5 anos que termine com ela eu ainda gosto dessa menina às vezes choro só floriano se quer amar te e você agora tô pedindo uma ajuda de vocês o conselho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não costumo aconselhar através dos comentários, mas vou abrir uma exceção para você.
      Se quiser e puder, pode me enviar contando a sua história através do email da barra lateral que te mando um resposta mais detalhada em forma de texto aqui no site.
      Preservo a sua identidade.

      Excluir
    2. Eu não sei detalhes da sua história, mas posso te dizer que já passei por esta situação.
      Tive um relacionamento com um rapaz e depois que acabou fiquei anos gostando dele e imaginando que um dia pudéssemos voltar, mas hoje com mais maturidade, te digo que a melhor coisa que fizemos foi ficar separados.
      Você ama esta menina de verdade, não sei o motivo do término, mas, se realmente ainda houver algum sentimento por parte dela ou interesse seu em voltar, procure-a.
      Sonda primeiro para saber se ela está com alguém, se tiver, desista, mas, caso não, tenta.
      Nunca é tarde para ir atrás de quem se ama e a vida dá muitas voltas.
      Te Cuida!Espero ter te ajudado!

      Excluir
  6. Eu sofro dia e noite há dois anos, por saber que meu marido deixou de me amar. O mais estranho é que vivemos 12 anos juntos e eu sempre fui compreensiva, companheira e etc. Hoje, tenho depressão, me sinto a pior mulher só mundo e ainda o amo. Quando nos separamos, ele já tinha outra pessoa há cerca de 1 ano e em nenhum momento, ele parou para conversar e tentar continuar a relação. Sinto que ele tem a consciência muito pesada, pq faz de tudo pra me ajudar e agradar.
    Ele costuma dizer q hoje, me ama de forma diferente e que o problema não sou eu. Diz que o problema é ele que nunca conseguiu levar uma relação por mais de 2 anos e só comigo que durou tanto tempo.

    ResponderExcluir
  7. AMEI MUITO UMA PESSOA AGORA ME DA NOJO DE SABER QUE UM DIA EU BEJEI E AMEI MUITO

    ResponderExcluir
  8. Eu também já amei e sofri, fui da dedicação a frustração,
    Dos sorrisos a raiva.
    Mas há uma lição que eu aprendi e espero ajudar alguém ao ler isso.
    O que eu aprendi é que somente o amor, a dedicação, o carinho, as brincadeiras e os bons momentos não bastam.
    Nem sempre a pessoa que amamos será recíproca e esperar ou até exigir isso é um grave erro, destrói uma relação que era bonita.
    O amor verdadeiro não está só nos bons momentos mas também na humildade e simplicidade de aceitar a pessoa por completo. Saber que ninguém é perfeito e só estamos tentando ser o melhor que pudermos. E a força de decisão de saber que tudo pode estar desmoronando mas que algo bom será construído. E nestes momentos em que tudo parece ruir é que se demonstra o verdadeiro amor.
    Quem está maduro e sabe amar não irá se iludir e se satisfazer com migalhas de atenção.
    Quem sabe amar valoriza o que sente de bom, entende se há maturidade e decisão de uma relação do outro, se é recíproco, respeitoso, e assim faz bem e cuida do outro com Amor, carinho, admiração, acredita no outro e tem a força para destruir o que há de errado na relação sem machucar o outro para crescerem como casal e família.

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet