Quem quer casar com meu filho?

Um garanhão, um nerd, um cavalheiro, um bom vivant, um homossexual procurando alguém para ter um relacionamento sério é justamente o reality show "Quem quer casar com meu filho"?
Eu já tinha visto a versão americana e achado bem expor as pessoas ao ridículo pois até ex namorado e pior inimiga apareceu para falar mal das candidatas.
Fiquei curiosa para assistir a versão brasileira.
O que mais me surpreendeu é que a maioria dos candidatos com mais de 30 anos que estão a procura de seu par perfeito tem uma certa relação de submissão as mães.
Exatamente, as mães os dominam e fazem com que eles acabam fazendo e escolhendo o que elas querem.
Com relação aos candidatos que estão a procura:
O garanhão se diz viciado em mulher e parece que quer mesmo é diversão e curtição, sua mãe é a mais chata, pois chegou até fazer com que as pretendentes mostrassem o corpo para ver se o filho iria gostar.
Ele nem é tudo isso, pois é bem roliço e vive nas baladas.
O nerd é um rapaz inexperiente em relacionamento com uma mãe evangélica e que foi abandonada  pelo suposto pai do rapaz, passou por todas as dificuldades que uma mãe solteira passa, mas não deu voz ativa a seu filho para ter mais personalidade e atitude nas coisas da vida.
O cavalheiro é um rapaz a moda antiga como não se vê a muito tempo e que de todas as mães é uma das mais sensatas procurou saber se as pretendentes a namorada de seu filho sabe cozinhar para fazer a comida que ele gosta.
O bom vivant é um rapaz que adora boa vida, mas que com a ajuda da sua mãe que quer que ele saía dessa vida e se case.
Uma das pretendentes a namorada faz de tudo para chamar a atenção dele, mas parece que seu interesse é em outra bem mais discreta.
O homossexual é um rapaz que parece estar levando o programa a sério e sua mãe parece ser bem sensata.
Se tivesse que escolher um dos candidatos para me candidatar para casar seria o homossexual(apesar de minha orientação ser heterossexual) ele é um rapaz muito bonito, sério e simpático e sua mãe é uma graça e também escolheria o cavalheiro, apesar de não ser muito bonito, mas, cativa pelo seu jeito de ser e sua mãe é gente boa demais.
Não tenho nada contra os nerds acho homens de óculos muito charmosos, eles são muito inteligentes, mas  o problema que vejo no participante é a omissão, pois é ruim estar ao lado de uma pessoa que não tem iniciativa para nada.
O garanhão sem comentários.
Por que querer um relacionamento com um homem que se diz viciado em mulher?Diz que cada noite está com uma?E no primeiro dia do programa já ficou com uma pretendente?
É pedir para ser traída.
Ser um boa vida é uma questão de escolha, pois não tem nada demais aproveitar as coisas boas, mas a vida não é só isso.
Se alguns deles irão se casar mesmo ou se é apenas mais uma forma de aparecer na televisão é difícil de achar a resposta.
Para se casarem mesmo terão que se conhecer melhor, namorar, noivar e só depois subirem ao altar.
Aliás, o reality é bem melhor que BBB, pois parece que desta vez colocaram tanta gente sem sal na casa e que não veem a hora que a maioria deles saiam do programa.
É uma eliminação atrás da outra.
O que sempre me questiona no programa é que vale milhões de reais ou seja você tem a oportunidade única de praticamente acertar na mega-sena, mas, as pessoas entram no reality e só pensam em ficar com o fulano ou com a sicrana.
Ficar, vocês tem a vida inteira de fazê-lo aqui fora, mas ganhar o prêmio é uma chance só.