• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Como fazê-lo ver que nos amamos, e que paixão é um fogo que consome rápido mas amor é um calor que aquece pra sempre?


Oi. Vou contar meu caso com detalhes pra ficar mais fácil de você me ajudar a ver o que está acontecendo, se tem volta, me dar uma luz! É um pouco grandinho, desculpe-me!
Meu namorado terminou nosso namoro de 1 ano e meio a 6 semanas atrás. Na segunda feira da semana do término ele veio na minha casa me trazer umas coisinhas gostosas pra eu melhorar de uma doença, super carinhoso e fofo. No mesmo dia, saiu de uma reunião de madrugada e veio até a minha casa só pra dormir comigo. No dia seguinte acordamos e fomos pra academia juntos. Eu o senti muito estranho, comentei com ele e ele disse que não estava não. Fomos almoçar na casa dele e continuei reparando que ele estava estranho. Fiquei chateada e parei de falar com ele. Fui pra casa e ficamos o resto do dia sem nos falar. No dia seguinte ele me mandou uma mensagem a noite falando que quando a aula dele acabasse ele viria à minha casa. Eu até ai não desconfiei de nada. Na hora que ele tava chegando ele me ligou e pediu pra eu esperá-lo na varanda. Ai eu já fiquei nervosa. Chegando ele disse que achava que não estava rolando mais, que estava achando que tinhamos visões diferentes do namoro, que achava que iriamos terminar eventualmente e que preferia terminar antes do que no futuro, disse que estava em dúvida sobre o que sentia sobre mim, que o relacionamento não era mais o mesmo, que ele tinha perdido o encanto. Eu perdi meu chão, não esperava por essa. Argumentei, falei que isso de que podiamos terminar um dia não era uma coisa certa, que somos jovens (eu com 21 e ele com 22 e é o primeiro namoro de ambos!) que não podemos saber o que esperar do futuro e que um relacionamento é construido aos poucos e falei mais um monte de coisa e ele disse que estava confuso levantou e me deixou falando sozinha, foi embora. Nossa, chorei fui pra dentro e chorei até dormir. No dia seguinte não falei com ele mas no dia depois desse eu liguei pra ele e falei que achava injusto terminarmos desse jeito, sendo que tinhamos um relacionamento muito bacana, que estava sim mais frio do que no começo mas que isso era normal, nós moramos em uma cidade universitária e nos vemos TODOS os dias e dormimos juntos TODOS os dias, então um relacionamento da duração do nosso na seriedade que levavamos seria o equivalente a uns 3 anos de namoro em outra cidade, a paixão acaba mesmo. Mas que o que sentimos um pelo outro, esse respeito que ele citou que tem demais por mim, o carinho, a preocupação isso era um amor mais maduro! Ai beleza, combinamos de conversar duas semanas depois do término, pra colocar os pingos nos is e ele ter tempo de pensar melhor (apesar de achar que em 2 semanas ninguém muda de opinião desse jeito). Enfim, ficamos nos falando dia sim dia não durante esse tempo, e quando nos encontramos pra conversar ele disse que tinha pensado muito e que achava que não havia mais como continuar, que podia ser que depois de um tempo ele tivesse forças pra tentar de novo mas que não teria nesse momento. Que preferia se arrepender por estar tomando essa decisão do que por continuar. Ai eu, até então controlada perguntei pra ele o motivo e ele disse que não sabia ao certo. Perguntei se era por outra pessoa e ele disse que não, que não tinha vontade de ficar com mais ninguém. Perguntei se ele ainda tinha vontade de ficar comigo e ele disse que sim. Ai eu perguntei se alguma das dúvidas dele tinham sido sanadas nesse tempo separados e ele disse que gostava de mim, muito, tinha um respeito e um carinho enormes mas que não sabia se me amava, e que tinha perdido a vontade de me ligar, mandar mensagem, e que era duro pra ele admitir isso. Ai conversamos mais um pouco e eu, ficando desesperada pra não perde-lo implorei pra ele ficar. Falei um monte de coisa, falei sobre como o amor é diferente da paixão, que parece que "gostamos menos" mas na verdade é uma coisa mais tranquila e nisso ele concordou em tentar novamente. Mas no dia seguinte mal nos falamos, chorei o dia inteiro sabendo internamente que não era a hora de tentar de novo mas com medo de admitir isso e perde-lo novamente até que no dia seguinte ele me liga e fala que não tava conseguindo me dar uma chance de verdade, que não queria me magoar e eu cansada concordei. Ambos choramos demais no telefone, falamos de tudo de bom que tinhamos passado juntos, que tinhamos orgulho um do outro, admiração, ele insistiu que eu podia contar com ele no momento ruim que eu estava passando com a minha familia, falei que o amava e ele disse que me amava também. Liguei para minha mãe aos prantos e pedi pra ir pra casa ficar o resto da semana com ela e assim o fiz. Chegando lá uma amiga minha me diz que tinha visto ele com uma menina no dia anterior da nossa conversa. Eu possessa liguei pra ele e o confrontei. Ele disse que era verdade, que tinha ficado com a menina sim, ai eu o xinguei de todos os nomes, falei que tinha sido uma trouxa e que ele havia mentido pra mim em todas as coisas lindas que ele disse quando terminamos e ele disse que não, que eu estava exagerando e que ele havia ficado com a menina sim mas que estavámos terminados e que se ele tivesse feito de maldade ou caso pensado ele teria se sentido bem no dia seguinte, mas que na verdade se sentiu péssimo. Eu mesmo assim fiquei com muita raiva. Ele começou a falar que apesar de eu achar que só eu estava sofrendo ele também estava, e me contou um monte de situações que a lembrança de nós estava o afetando. Enfim, desligamos. No dia seguinte ainda meio "doida" liguei pra ele falando que tinha procurado a menina no facebook e queria saber o que ela tinha que eu não tinha e ele disse que não era nada, que foi coisa de momento. Briguei com ele, me arrependi, liguei de novo, ele não me atendeu chorei horrores com minha mãe e depois ele me ligou 5 vezes pra falar que não tinha visto as ligações, que não estava me ignorando. Pedi desculpas, disse que futuramente queria conversar novamente mas que agora eu ia me afastar. E me afastei. Comecei a melhorar, ai 3 dias depois ele me manda uma mensagem de madrugada falando que o pai de uma amigo dele tinha morrido. Eu não vi na hora e respondi depois perguntando se ele estava doente. Ai ele me respondeu que sim, com cancer e me pediu desculpas por me incomodar mas é porque ele estava muito abalado com isso. Ai eu respondi que era normal ele se sentir assim, era alguém que ele gostava que tava passando por uma situação péssima, ou seja sem ser seca mas sem ser intima. No dia seguinte, perguntei se ele estava melhor e ele disse que sim, engatamos uma pequena conversa sobre esse amigo e depois acabou. No fim de semana seguinte foi meu aniversário. Ele me mandou uma mensagem dizendo com essas palavras "M..... parabéns! Muita felicidade, sucesso, saúde! Continue sendo essa princesa linda que você é, não deixe ninguém mudar isso. Beijos e felicidades e manda um beijo pra sua mãe rs!" Isso me acabou, porque ele sempre me chamava de princesa linda quando namorávamos. Enfim, respondi "valeu, manda um pra sua também" (ele amava minha mãe, e eu também amava os pais dele) antes disso um pouco ele também havia me dado um suporte quando as coisas em casa se tornaram um pouco insuportáveis, foi bem fofo e carinhoso.
Enfim, dois dias atrás mandei pra ele um texto que era exatamente igual a uma situação super engraçada que passamos e ele me respondeu com risadas e falando que eram bons momentos, e com uma piada interna nossa, ai eu o respondi com outra piada e ele me respondeu com uma terceira. Foi muito gostoso, porque o que eu mais sinto falta é o carinho e o suporte que ele me dava. Mas não sei o que fazer! Se ainda há esperanças. Nesse tempo de término nós não ficamos mais de uma semana sem nos falar. Ele está mais distante sim, não vou mentir, e eu estou tentando também. Mas eu o amo muito, de verdade. Nós não brigavámos, éramos aquele casal que tinha total confiança no outro, nem ciúmes sentiamos, sempre nos colocávamos pra cima! Isso é muito raro, vejo pelas relações de minhas amigas. Eu queria muito saber o que devo fazer, quero muito tentar de novo mas ao mesmo tempo não quero sufocá-lo ou afastá-lo. Não sei como devo agir. Olhando agora depois de um tempo de término eu acho que ele terminou porque aqui onde moramos ( uma cidade universitária, onde infelizmente nos veremos todos os fins de semana!) as mulheres são MUITO atiradas e fáceis e por termos começado a namorar muito cedo ele nunca pode aproveitar essa "oferta". Eu sinto que ele vai ver a burrada eventualmente, mas eu não quero ser aquela mulher que espera o homem aproveitar e voltar pra casa por falta de opções melhores pra namorar. O que eu faço? Deixo o tempo passar, falo pra ele tudo o que sinto? Exijo uma explicação sincera pelo término? Como fazer ele ver que cometeu um erro? Ou melhor, como fazê-lo ver que nos amamos, e que paixão é um fogo que consome rápido mas amor é um calor que aquece pra sempre?
Beijos e Muito Obrigada!
PS: Por favor, não publique meu nome.
Parece que o namoro de vocês caiu numa rotina e por isso foi se desgastando e seu ex namorado decidiu terminar, porque viu que isso iria acontecer cedo ou tarde.
O fato dele ter ficado com outra menina demonstra que ele está tentando tocar a vida para frente e partir para outra ou seja conhecendo pessoas novas e quem sabe encontrar alguém para um outro namoro sério.
Quanto mais vocês dois ficarem tendo contato um com o outro, ligando, mandando mensagens e outras coisas, pior será para se afastarem e terminar de verdade este namoro.
Não é que vocês tenham que ser inimigos, mas,quanto mais manterem contato, pior será para se desligarem e viverem cada um a sua vida.
O que eu acho ruim é que as pessoas nunca dão um motivo convincente para terminar um namoro, elas deveriam ser sinceras e dizerem a verdade, não o fazem porque dizem que não é para machucar o outro.
Mas, dando desculpas esfarrapadas, não estão machucando?
Sim, estão fazendo da mesma forma até porque não existe término de comum acordo e que uma das partes não saía machucada.
Precisou ele te namorar um ano para perceber que vocês tem visões diferentes.
E por que não percebeu antes no início?
Este negócio de dizer que ama, quer ficar junto ou sente saudades é outra ilusão, pois se ele te amasse, sentisse saudades ou quisesse ficar junto contigo de verdade estaria do seu lado.
A impressão que eu tenho é que ele te quer como um estepe ou seja irá tentar se relacionar com outras meninas e te levará em banho-maria se não dar certo, voltará contigo, pois sabe que você estará de braços abertos para ele.
Não tem como você mostrar para ele que ele ainda tem sentimento por você, pois isso tem que partir dele e não de você.
Nem muito menos fazer com que ele veja que cometeu um erro, pois na cabeça dele, isso não aconteceu.
Não culpe as outras meninas pelas atitudes dele, pois o problema não é as outras meninas, mas, sim ele.
Se elas se oferecem para ele e ele te ama de verdade, diz não e ponto final.
Eu te aconselho a dar tempo ao tempo e partir para outra, tocar a sua vida para frente.
Pare de implorar e se humilhar para o seu ex, pois isso não o trará de volta e se o trouxer será por pena ou ficar livre da sua insistência de reatar o namoro, mas com o tempo ele terminará contigo de novo.
Reatar um namoro tem que ser espontâneo e não forçado.
Tenha mais amor próprio.
Pare de ficar ligando e mandando mensagens para ele, pois isso só está te fazendo sofrer e nada mais.
Tenha mais amor próprio e se afaste dele.
Pode ser que com esse afastamento, ele caía em si e veja que ainda gosta de você e reate o namoro.
Mas, se isso não acontecer, não se abale e siga a sua vida.
Procure fazer novas amizades, sair com os amigos, viajar ou fazer uma atividade diferente.
Esqueça seu ex e direcione sua cabeça para outras coisas.
Te Cuida!Espero ter te ajudado!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

3 comentários:

  1. Meu Deus, estou vivendo a mesma coisa, a mesma história com personagens diferentes. É terrível mas estou conseguindo, nem consigo mais responder as mensagens de boa noite e os convites para ir ao cinema. Tudo passa!

    ResponderExcluir
  2. Leitora.....já passei por isso e sei exatamente como se sente!
    Olha só........na real........teu namoro subiu pro telhado, ou seja, a fila andou pra ele. Essa desculpa de estar confuso, que não quer te magoar, ah! isso é noticia velha. Ele está em outra, mas, sabendo que você está desesperada, quer te deixar na reserva.
    Você é muito nova e tenho certeza que logo, logo, uma outra pessoa legal vai pintar na sua vida. Pra isso acontecer é necessário você aceitar o fim desse relacionamento que é o primeiro passo.
    Outra coisa, o que acabou, acabou.....pare de ficar se comunicando com ele. Resista a essa tentação. Se foi ele quem quis acabar pior pra ele que perdeu uma mina bacana e melhor pra você que em breve encontrará um novo amor. Vai por mim, assim, você vai conseguir!!!!!
    Torcida forte por você!!!!!!!
    Bjkas

    ResponderExcluir
  3. Joga um verde pra colher um maduro, chega nele e diz: "Eu já sei de tudo viu!" Ele vai achar estranho no começo, mas persista falando isso, dando a entender que você 'descobriu' que ele pulou a cerca, persista na persuasão, ele pode acabar ficando desesperado e confessando tudo o que ele fez, depois disso tu decide o que vai fazer. Mas meu conselho é que, se por acaso ele não a traiu ainda, você jogue na cara dele, que você ja percebeu que ele quer ficar com outras mulheres, e se ele quer, que vá em frente, mas que não volte mais.

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet