• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Qual o maior inimigo das pessoas nos relacionamentos?

Qual o maior inimigo das pessoas nos relacionamentos?
Elas mesmas.
As pessoas tem o amor incondicional pelo outro não se importando com o que aconteça.
Essa história de que no amor tudo se compreende e perdoa leva as pessoas fazerem cada coisa e passarem por determinadas situações que é de duvidar.
No amor nem tudo se compreende e nem muito menos se perdoa como ser feita de boba, humilhada, agredida ou traída.
O envolvimento com pessoas comprometidas e o aceitar tudo por amor é outra questão que traz sofrimento a si mesma.
Tudo na vida tem que ter um equilíbrio e limite, assim também nos relacionamentos amorosos.
O amor sem medida é fraco e não mede consequências.
Incondicional, abnegado, capaz de entender e aceitar o pior da outra pessoa e as suas motivações, quando ninguém mais o conseguiria, a menos que tivesse passado pelo mesmo, desrespeitando o espaço do outro e as suas limitações.
Contudo, normalmente, quem ama assim nem sempre é amado da mesma forma, nem na mesma medida. Porquê?
Porque é um tipo de amor extremamente difícil de sentir.
Raramente acontece e dificilmente surge a ambas as pessoas envolvidas no relacionamento.
Mas isso não significa que não sejamos correspondidos.
Significa apenas que a outra pessoa não tem a capacidade de amar incondicionalmente, mas não quer dizer que não nos ame, mas sim a sua maneira.
O que eu tenho visto com os pedidos de conselhos que tenho recebido é que as pessoas tem amado cada vez mais incondicionalmente, o que era raro tem se tornado cada vez mais comum.
Algumas pessoas se anulam, mudam, aceitam de tudo em nome desse amor incondicional.
Eu pergunto:Até que ponto é ser feliz, querendo manter outra pessoa ao nosso lado que não nos ama mais?
Ou se anular pelo outro?Aceitar coisas ruins no relacionamento é amor?
Na vida adulta, os namorados, amigos, conhecidos e colegas nos amam apenas quando não ofendemos suas convicções e não desrespeitamos seus direitos.
Quando as pessoas são educadas dentro dessa ideia do amor incondicional perceberam que suas atitudes inadequadas afastarão as pessoas de perto delas, aí sim serão fortes para desenvolver raiva e revolta contra seus pais, que os iludiram, que mentiram para eles ao prometer um mundo que não existe.
E essa ideia de que a pessoa tem que ser boazinha para ser amada também é o maior equivoco e gera grandes recalques no futuro.
A pessoa tem que ser amada pelo que ela é, pelo o que ela representa.
A noção de ser boazinha para atender os desejos da sociedade também gera grandes problemas na vida adulta.
Muitos pais tem educados seus filhos e orientados para ter esse amor incondicional para com os outros, mas,precisamos ser responsáveis pelas suas atitudes, de preferência deixando o afeto de lado.
Os pais tem se preocupado de dar a seus filhos, informação, mas, tem se esquecido de dar a eles o principal que é a formação.
Se submeter a  tudo pelo outro não é amor e sim falta de amor próprio.
As pessoas tratam o amor nos dias de hoje como se o outro fosse obrigado a estar do seu lado mesmo não querendo ou a qualquer custo.
Uns matam porque o outro terminou o relacionamento ou já está com outra pessoa.
Ninguém é dono de ninguém e nem tem como brigar a outra pessoa a continuar num relacionamento ruim.
Aceitar e lidar com um não é muito complicado para a maioria das pessoas.
Isso é fruto da educação com falta de limite dos pais que sempre falaram sim na infância e se esqueceram que na vida adulta, todos nós teremos que lidar com um não seja no trabalho, no amor, na escola ou no dia a dia.
Na maioria das vezes, o amor incondicional só dá em troca frieza e rejeição, porque as pessoas se aproveitam dele para usar as outras.
Já que em nome desse amor vale tudo e o perdão sempre é aceito.
Amar só é bom quando se é amada.
E o amor próprio é o que falta a essas pessoas quem tem o amor incondicional ao outro.
Quer ser feliz e não errar no amor?
Faça as escolhas certas, não se iluda mudando ou tentando aceitar as coisas erradas do outro.
Pare, pense e se questione:Será que vale a pena você fazer de tudo por esse amor?
Com certeza não.
Como dizia Cazuza:"Tenho amor incondicional pelas pessoas que entram em minha vida e sinceramente, não sei o quanto isso é bom nos dias atuais. Talvez esse seja meu pior defeito."
Vou terminar com uma frase que eu adoro do Doutor House:"Você não pode viver sem amor? Bem, o oxigênio ainda é mais importante."
Antes de amar outra pessoa precisamos amar nós mesmos e não ficar nos submetendo a traições, humilhações e rejeições.
Perdão é um gesto muito bonito na teoria, mas na prática, a maioria das pessoas que são perdoadas aprontam de novo, porque sabem que serão perdoadas novamente.
As pessoas costumam culpar o outro pelo fracasso nos relacionamentos, mas, na realidade o problema são elas mesmas com suas atitudes.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

0 comentários:

Postar um comentário



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet