• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Medo de sofrer novamente...


Olá Millena, primeiramente gostaria de dizer o quanto gosto da sua página.
Já irei me desculpando pelos erros de português.

Medo de sofrer novamente...

Minha história é um pouco complicada mas faço questão de resumi lá para que você possa entender minha situação.
Moro nos Estados Unidos há 5 anos, tenho dupla nacionalidade agora o que me custou muito, sou de família bem humilde minha mãe nunca teve oportunidade de estudar meu pai era muito grosseiro e sempre me molestou até a idade que eu pude começar a reagir e revoltar, porém nunca saí dos meus eixos sempre estudei, trabalhei, fiz vários cursos sem nenhum incentivo de minha família.

Conheci meu primeiro marido quando tinha 19 anos e quando completei 21 anos nos casamos. Meu primeiro marido era extremamente ciumento, controlador e agressivo. Como ele estava muito doente não pudemos mudar para nosso apartamento por conta das escadas, eu tinha medo que ele caísse ou não ter ajudar por perto quando eu precisasse, enfim resolvi morar nos fundos da casa da minha mãe há qual me ajudou demais. Há cada dia que se passava a saúde do meu marido só piorava e a agressividade aumentava a ponta dele me manipular para que eu me trancasse dentro de casa e não conversasse com ninguém, fiquei deprimida sem auto estima perdi meu emprego, parei meus estudos e no final de tudo ele morreu, cheguei a morar oito meses com ele no hospital, por mais que eu tivesse fé a hora dele tinha chegado e minha liberdade também, não amava ele mas tinha nossa relação como uma amizade por que o amor foi se acabando aos poucos com tanta negligência da parte dele e minha falta de auto estima.

 Aos 22 anos já estava viúva e nem conseguia acreditar, cair na real doeu, do meu casamento não restou nada, tudo que compramos a mãe dele levou, não consegui reagir por que o vazio que sentia era devastador.

 Se passou um ano e comecei a namorar um homem mais velho que eu porém muito encantador, estudado simplesmente lindo, acabei vindo morar aqui por conta do trabalho dele, filhos e tudo mais.

Nos casamos voltei para faculdade, no começo era tudo difícil para mim pelo fato de nunca ter aprendido inglês antes, o ciclo dele e o padrão social era um desafio porém me adaptei muito bem, consegui terminar a faculdade e encontrei um bom emprego, mas ele nunca me ajudou financeiramente após alguns meses de casada comecei a descobrir as traições dele mas eu amava tanto ele que não queria admitir, mesmo doendo no final de dois anos de casamento sai de casa sem conhecer ninguém aqui, sem amigos ou familiares para me ajudar, morei no meu carro por uma semana até encontrar um apartamento, todo dinheiro que empreendi na minha casa com meu ex eu simplesmente abri mão, por que tudo que ele estava fazendo comigo só me destruía era tantas coisas que só queria ficar o mais longe que pudesse.

 Trabalhava dobrado todos os dias, meu apartamento ficou um sonho, consegui muitas coisas do qual me orgulho, no trabalho um colega americano me convidou para um churrasco na casa dele e por insistência das minhas amigas de trabalho acabei cedendo...nesse dia ele me pediu em namoro, o começo foi conturbado não era o que eu imaginava, ele saia e nem me convidava, era meio que grosseiro ou simplesmente não se importava, mas rapidamente ele foi mudando eu sempre fui honesta em relação as coisas que não me agradava, mas sempre me expressei de forma pacífica.

Ele se tornou tão amável, atencioso e presente, tem planos de casar mas tem medo de me falar sobre isso, mas já deixou escapulir algumas vezes, ele tem medo de que eu me assuste por tudo que vivenciei, ele quer que compremos uma casa juntos para que podemos construir nossa família porém tenho notado que não estamos fazendo sexo como antes as vezes uma vez por semana, dormimos juntos todo o final de semana e nada...ele continua presente porém falta sexo agora, conversei com ele antes sobre isso e ele disse que as vezes por trabalhar demais fica cansado, mas ele sempre trabalhou muito e antes transava mais, por tudo que já passei tenho medo dele ter perdido o interesse ou estar me traindo, ele diz que isso é coisa da minha cabeça e que me ama muito, nunca encontrei indícios de traição ainda, o que você acha que devo fazer?


Obrigada pela atenção.
A sua história de vida é forte demais!
Você faz parte de uma estatística de mulheres que são abusadas sexuais na infância e o que espanta é que a maioria delas sofrem este tipo de violência por primos, pais, padrastos, tios ou seja homens da própria família.
Muitas não denunciam por medo e se denunciam muitas vezes são tidas como mentirosas.
Cuidado mulheres as vezes, vocês colocam homens que mal conhecem dentro de casa e estes podem se tornar inimigos de suas crianças.
É o que mais tem nos noticiários estes casos.
Apesar de ter sofrido abusos, você foi uma exceção a regra, pois na maioria dos casos, as mulheres abusadas acabam criando um bloqueio quando o assunto é sexo e ficam traumatizadas achando que todo homem irá abusá-las.
Por ter sido abusada constantemente, você viu neste rapaz que se tornou seu marido uma solução para a sua libertação dos abusos e por este motivo se casou com ele tão cedo.
Apesar de achar que ele era a solução para os seus problemas, isso não aconteceu.
A agressividade, o ciúmes, a possessividade e o excesso de controle dele fizeram com que esse relacionamento acabasse.
Ele fazia isto tudo por medo de que você um dia o largasse devido a doença, mas você cumpriu o juramento de estar ao lado dele seja na saúde ou na doença.
Esta atitude já demonstra que você é uma boa pessoa, pois tenho visto na maioria dos casos as pessoas abandonarem as outras no momento que mais precisam ou transferirem para outros uma obrigação que são delas.
Isto te falo não só com relação a marido e mulher, mas também de filhos com os pais.
Depois do falecimento dele e cumprindo a sua obrigação, você resolveu retomar a sua vida, mas infelizmente escolheu mal o seu marido.
E você acabou por se casar novamente em pouco tempo de relacionamento e descobrir algumas traições dele.
O problema é que quando as pessoas amam parecem ficar cegas diante do erro da pessoa amada, mas, chegou um momento que se abre os olhos e tem que se tomar uma atitude quanto aos erros.
Se separou, mas, teve uma atitude errada de abrir das suas coisas por causa deste homem que te traiu.
Você tinha direitos e deveria ter lutado por eles.
O fato de você ter morado uma semana no carro até encontrar um apartamento e se virar sozinha demonstra que você é uma mulher corajosa e guerreira parece uma Fênix, pois está sempre ressurgindo das cinzas ou seja quando se pensa que você está numa pior, você levanta a cabeça, sacode a cabeça e dá a volta por cima.
É tipo como a música:"Quem sabe faz a hora, não espera acontecer..."
Você não espera as coisas acontecerem e nem caírem do céu, você faz as coisas acontecerem na sua vida, indo a luta e batalhando por elas!
Eu te aconselho a ter cautela com relação ao assunto casamento, pois você já passou por dois e viu que não deram certo.
Isso aconteceu, por que você tem muita pressa em se casar ou seja mal conhece a pessoa e já pensa em casamento.
Dois anos é pouco para se casar.
Você já conheceu no início do relacionamento, o lado ruim desse rapaz, as grosserias e o fato dele não se importar contigo e sair com os amigos sem nem te falar nada.
Isso tudo pode estar adormecido e a qualquer momento vir a tona novamente.
Ele tem planos de casamento, mas está com o pé atrás e esse motivo de ser pelo que você vivenciou não convence muito.
Sexo e amor são complementos, só sexo não segura nenhum relacionamento.
Ele pode estar cansado e não estar tendo vontade, mas também pode estar tendo algo com outra mulher.
Se você desconfia de algo, procure que você encontra, pois homem quando está traindo sempre deixa algo como pista e acaba sendo descoberto. 
Você acredita muito cegamente nas pessoas e o mundo não é cor de rosa e as pessoas são muitas vezes lobo na pele de cordeiro.
Nada de agir com precipitação e se casar novamente com pouco tempo de relacionamento, você o fez duas vezes e viu no que deu.
Se você tem medo de sofrer então não busque sofrimento.
Enquanto, a traição se este rapaz estiver te traindo cedo ou tarde, você irá descobrir.
Só espero que você descubra antes de se casar.
Te Cuida!Espero ter te ajudado!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

0 comentários:

Postar um comentário



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet