• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Dez Mandamentos para escolher um bom médico


-Pesquisar sobre o médico.
Procure saber como outros pacientes que foram atendidos por ele ficarão satisfeitos e se realmente o médico acertou no diagnóstico.A consulta à lista do conselho federal ou regional de medicina e a alguma associação de classe para confirmar se o profissional faz parte de alguma delas é imprescindível e nos faz ficar livres de cair nas mãos de maus profissionais.

-O médico tem que passar segurança e confiança.
Se você sentiu e percebeu que o médico tem firmeza e domina o assunto no qual você conversou com ele, então, é um profissional adequado para resolver o seu caso.

-Faça perguntas sempre ao médico.
É uma consulta e você é o paciente independente de ser pelo SUS, particular ou plano de saúde é pago por você.O dinheiro vai sair do seu bolso.Aproveite a consulta para fazer perguntas do tipo, o que é, causas, consequências, cura e sobre cirurgia caso, ele te diga que será necessário.Caso seja, preciso a realização da cirurgia pergunte, como é feita, sobre a anestesia e o pós operatório.Ele tem que explicar ao paciente porque vai receitar determinado remédio, porque a pessoa deve agir de uma determinada maneira e não somente mandar e achar que o paciente vai obedecer.Aproveite o tempo que o médico disponibilizou a você.As dúvidas devem ser sanadas.Jamais omita coisas do profissional como uso de medicamentos e outras que são primordiais para o tratamento adequado.

-Jamais fique com apenas um diagnóstico médico, sempre procure uma segunda opinião.
Muitas pessoas ficam com apenas um diagnóstico e alguns profissionais se aproveitam para fazer cirurgias sem ter necessidade, apenas como uma forma de ganhar dinheiro, por este motivo sempre busque uma segunda opinião para ver se realmente o diagnóstico procede.

-Procure na internet sobre o diagnóstico dado pelo profissional.
A internet é uma ferramenta que ajuda e muito quando o assunto é alguma doença.Além de ter muitos sites explicado sobre o assunto, também tem pessoas que trocam experiências sobre algumas doenças.E é sempre bom ter argumento com o médico e não chegar aceitando tudo o que ele fala sem ter um bom questionamento e fundamento.A internet é uma alternativa válida, mas tenha cautela!

-Procurar um médico qualificado e especializado para o seu caso.
Se você não conhece nenhum médico na especialidade que necessita,vale também pedir indicação para outro médico de confiança. Se você já tem um clínico que conhece há tempos, peça para ele te ajudar nessa escolha indicando profissionais.Procure sempre um especialista.É importante o contato telefônico prévio para confirmação da marcação, a pesquisa do endereço e dados da clínica e do profissional que o paciente será direcionado.Procure profissionais que atuam próximo à sua casa, trabalho ou faculdade, pois, assim, o acesso será mais fácil. Essa é uma alternativa válida, e você pode, sim, encontrar um bom médico dessa maneira, mas, se só for possível encontrar algum bom profissional em outra cidade, bairro e estado, faça-o.

-Perceba se o médico tem paciência e sabe ouvir as suas reclamações.
Um médico que é também um bom profissional é aquele que sabe ouvir seus pacientes antes de sair dando diagnósticos.Para começar, e este é um sinal claro, um bom médico preocupa-se com o seu paciente. Não se senta apenas para o escutar, como faz perguntas, está atento, questiona o paciente acerca dos seus hábitos, de desconforto recente, dos seus antecedentes de saúde. Pergunta e faz sentir ao paciente que realmente está interessado e pronto para descobrir qual é o problema que o aflige.

-Uma boa indicação pode fazer toda a diferença.
É importante ouvir a declaração de outras pessoas sobre determinado profissional e até sobre um hospital. Mas é fundamental que mais de uma opinião sejam levadas em consideração. O mesmo médico que foi bom para uma boa pessoa, talvez não tenha acertado para outra.Quanto mais depoimentos ouvir, melhor!Converse com amigos e familiares pedindo indicações.

- Procure saber a forma de trabalho do profissional e seu ambiente de trabalho.
O indicado é que a consulta médica seja realizada em local limpo e confortável e sem pressa. Assim, torna-se possível obter boas informações sobre o paciente e realizar os exames e procedimentos adequados.

-Fique atenta na disponibilidade de tempo de dedicação médica.
Numa consulta é o tempo que o médico dedica aos seus pacientes. Muitas vezes saímos do consultório com a sensação de que o médico nos "despachou" com uma rapidez notável, o que sem dúvida põe em questão se é ou não um bom médico.Assim como o primeiro sinal é se se preocupa com os seus pacientes, o segundo é dedicar tempo a avaliá-los e diagnosticá-los. Um bom médico não apressa a consulta, não parece acelerado e normalmente trabalha estabelecendo um tempo razoável entre pacientes, com a finalidade de dedicar a cada um a atenção que merecem. Consultório cheio não significa ser um bom especialista.Muitos médicos marcam dois ou três pacientes no mesmo horário e não conseguem atender nenhum deles de maneira correta.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

0 comentários:

Postar um comentário



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet