• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Vale a pena largar tudo por ele?


Leitora:Tenho 22 anos, vim de uma família conservadora, com um pai muito ciumento e que passei minha adolescência tendo muitos conflitos. Entrei na faculdade em uma cidade perto da minha aos 17 anos e depois de 1 mês que tinha feito 18 conheci uma pessoa que era de outro curso, 9 anos mais velho que eu. Diferente de todos os caras que já tinha visto, educado, muito bonito, inteligente, logo me encantei e estava apaixonada, porém ele era sutil, de modo que deixava na dúvida se gostava ou não de mim. Após 1 mês ele pediu pra me dar um beijo, e eu dei (não via a hora). A partir daí começamos a ficar, comentei primeiramente com minha mãe que estava interessada por uma pessoa e ela ficou em choque quando falei a idade dele, disse que seria difícil meu pai aceitar. Depois de uns 3 meses já não me restavam dúvidas que eu o amava, porém ele não, vindo de muita experiência com outras pessoas (já tinha morado junto), sempre foi muito cauteloso com seus sentimentos, de maneira que não tinha os sentimentos a flor da pele assim como eu tinha. Passados 5 meses depois do primeiro beijo ele finalmente conheceu meus pais em um casamento na família. Trocaram poucas palavras, não teve aquele negócio de pedir pra me namorar. Me sentia a pessoa mais feliz do mundo, pra mim ele era perfeito.. ele começou a querer “algo mais” comigo, eu era virgem e tinha por princípios que só poderia ter relação após o casamento, eu disse isso pra ele, mas ele disse que aquilo tinha sido imposto pra mim e não pra ele e ele não queria passar por isso.. o tempo foi passando, e passado 1 ano após o primeiro beijo perdi minha virgindade com ele, era algo que eu queria, porém não estava preparada psicologicamente, ficava pensando o tempo todo que aquilo era pecado e tal.. Resumindo, foi algo que eu realmente gostaria de esquecer, foi dolorido, e ele demonstrava muita impaciência pelo meu nervosismo. Foi perto do dia dos namorados, ele finalmente me pediu em namoro, me deu uma aliança de compromisso e disse que me amava pela primeira vez. Foi algo meio seco, mas pra ele que não é acostumado a demonstrar sentimento, já foi alguma coisa. Por mais que no fundo eu sentisse que as coisas não estavam acontecendo do jeito que eu queria, fui deixando passar e via nele somente o que eu queria ver. Meu pai começou a desconfiar de que eu estava indo para o apartamento dele (ele havia dito que não era eu ir pra lá sozinha, mas eu ia escondida), ele nunca gostou dele, a partir destas desconfianças menos ainda, estava com 19 anos, ele não queria mais me deixar sair, sendo que só o via nos finais de semana, saímos apenas à tarde. No final de 2013 era pra passarmos o natal em casa, porém houve uma grande confusão na véspera, meu namorado acabou brigando com meu irmão, e foi embora pouco antes da meia-noite. Isso abalou muito nosso relacionamento, na véspera do ano novo ele voltou em casa pra tentar resolver e novamente houve confusão e ele foi embora. Terminamos o namoro, pois não tinha condições de continuarmos, no meio de janeiro de 2014 voltamos a nos falar e estávamos falando em nos casar pelo menos no civil para vivermos em paz. No dia seguinte tinha rematrícula da faculdade, meu pai não quis me deixar ir, porque achou que eu ia me encontrar com ele, começamos a discutir, e ele acabou tirando minhas roupas do guarda-roupa e dizendo pra eu ir embora de casa de vez já que queria tanto ele. Eu fui, fiquei uma semana com ele, mas meus pais me ligavam implorando pra que eu voltasse pra casa, dizendo que me deixariam namorar. Voltei pra casa.. Depois de uma semana meu namorado terminou comigo, dizendo que o relacionamento estava desgastado, que já não sentia mais o mesmo. Fiquei arrasada, chorei muito. Passado quase um mês ele voltou a falar comigo, se dizendo arrependido, que me amava muito, voltei com ele, meus pais quase tiveram um treco. Logo em seguida tivemos outro problema porque não voltei pra casa em um dia. Daí deixaram minhas roupas na casa da minha sogra e meu pai disse que eu não poderia mais voltar pra casa.. Ficavam me ligando pra eu voltar. Decidi que não voltaria mais e que seguiria minha vida com meu namorado. Passamos o ano de 2014 bem, eu visitava meus pais, porém eles não falavam com meu namorado, tinham pavor só de ouvir o nome dele. Não foram na minha festa de formatura da faculdade porque ele estaria lá. Apesar de estar feliz com meu namorado, o clima que ficou era horrível com meus pais, minha mãe sempre chorava quando eu falava com ela. Chegou o ano de 2015, meu namorado sempre me tratou bem, nunca me deixou faltar nada, sempre se preocupando comigo, porém nunca foi do jeito que eu queria, sou muito romântica, gosto de demonstrar meus sentimentos, descobri nele uma pessoa fria, nervoso muito facilmente, só me dá atenção quando convém, por vezes queria uma intimidade a mais e ele se dizia cansado, eu gosto de atenção, o agarrava quando chegava do serviço, ele ficava no computador, dizia que eu o sufocava, que precisava de um espaço. Mas na verdade ele sempre foi assim, nunca foi de fazer questão e sempre senti que seria indiferente se eu resolvesse voltar pra minha casa. Mesmo assim eu continuava, porém sempre carente de atenção e carinho. Tentei por diversas vezes conversar com ele sobre isso, mas ele ficava nervoso, dizia que eu só sabia reclamar e que estava cansado desse assunto, que esse é o jeito dele e que não tem como ele mudar, por mais que tente, que acaba voltando a ser como é. Nesse meio tempo as coisas começaram a se resolver com meus pais, voltaram a falar com ele, comecei outra faculdade no meio do ano, quando tudo estava ficando bem, CONHECI OUTRA PESSOA. Nós éramos colegas, ele me ajudava nas matérias, era atencioso, me olhava de um jeito que nunca ninguém me olhou, eu comecei a ficar atraída por ele e agia como se não tivesse namorado (marido), ficava ansiosa todos os dias para encontra-lo, passamos a nos comunicar por WhatsApp e ficávamos horas conversando, descobrimos muitas coisas em comum, na faculdade não desgrudávamos e cada vez mais íamos percebendo o quanto combinávamos , a gente falava as coisas juntos, uma química tão grande que não dá pra explicar, era intenso demais quando nos olhávamos, até que falei pra ele que estava confusa com meus sentimentos, mas que sabia que não poderia ter nada com ele porque sou comprometida, ele disse o mesmo. Porém invés de nos afastar, só ficamos mais próximos, e dessa vez com os sentimentos assumidos, nos tratávamos como namorados, porém sem nos beijar, mas eu tinha muita vontade e ele também. (Nesse meio tempo já não me importava mais com a falta de atenção do meu namorado, não ficava mais em cima dele querendo estar junto, não o procurava mais pra ter relação). Até que aconteceu, nós nos beijamos, posso dizer que foi o melhor beijo da minha vida, uma intensidade inexplicável, foi perfeito, algo que nunca tinha sentido com meu namorado. Começamos a ficar escondidos na faculdade, daí parávamos falando que era errado, tentávamos nos afastar, passavam alguns dias e estávamos loucos um pelo outro e acabávamos ficando de novo. Estávamos tão juntos que chegaram a perguntar se estávamos namorando. Tem mais de 1 mês que não nos vemos devido às férias, já tentamos inúmeras vezes parar de nos falar, tentativas frustradas de bloquear o outro, excluir dos contatos. Porém sempre voltamos a nos falar e o sentimento vem todo à tona. Ele está ficando maluco porque não largo do meu namorado. E É AQUI que se encontra meu problema!! Eu não consigo, porque gosto dele, temos toda uma história, minha vida mudou toda, teria que voltar pra cidade dos meus pais. Cheguei a passar uma semana na casa dos meus pais por conta de briga com meu namorado, ficava agoniada com saudade. Só de pensar que posso perdê-lo e ele arrumar outra pessoa já me dá um desespero. Não consigo deixa-lo, porém também não paro de pensar no outro que parece ser a pessoa que sempre quis pra mim. Passei por tanta coisa pra chegar até aqui, só de pensar em largar tudo pra começar do zero fico aflita. Não sei se o que sinto pelo meu namorado é amor, é apego, medo de perder, não sei..  será que tem solução pro meu caso? Será que é amor o que sinto pelo outro? Vale a pena largar tudo por ele? Imagina agora que meus pais estão aceitando meu namorado eu aparecer com outra pessoa. Minha cabeça está a mil!
Por ter nascido em uma família conservadora, você quis ser a ovelha negra da família e mostrar que podia fazer diferente  e decidiu enfrentar tudo e todos por causa desse amor que supostamente sentia por esse rapaz.
Você viveu um encantamento por ele e como nunca tinha se relacionado com ninguém viu a possibilidade de se além de ter um namorado se libertar do cabresto imposto pela sua família.
E foi justamente isso que você fez, se agarrando na única oportunidade que achou que teria através desse rapaz.
Por você ser imatura e inexperiente e ele um rapaz 9 anos mais velho e vivido decidiu investir tudo nesse relacionamento.
O problema de todo esse relacionamento que já dura a 5 anos é que você perdeu a oportunidade de se relacionar com outras pessoas, conhecer outros homens e aproveitar a fase da vida que não voltará mais.
Ficando presa a este rapaz mais velho que viveu todas as fases da vida e teve outras mulheres, mas, você parou no tempo e deixou para trás uma série de coisas tendo só ele como único homem na sua vida.
Se você não tomou consciência disso, comece a parar e pensar nisto.
Mesmo, você percebendo que ele não te dá muita atenção continuou o relacionamento e enfrentou tudo e todos, o que é bonito na teoria, mas, na prática não.
Parece que agora você está caindo em si e percebendo que seus pais tinham razão e como eles só queriam o seu bem, fizeram de tudo para te afastar desse rapaz para que você estudasse e curtisse a juventude para só depois pensar em namoro.
Você se colocou na situação em que está vivendo hoje ou melhor nessa dúvida de se continua com ele ou termina e fica com o outro?
Esse rapaz que você conheceu te completa no que seu namorado não faz para você e foi normal que você mesmo querendo ou não encontrasse o oposto dele.
Quem não dá assistência abre concorrência.
Eu te pergunto, será que valeu a pena, você enfrentar sua família por esse rapaz?Mentir?Ir pra casa dele sozinha?
Parece que não.
De uma coisa te dou certeza, você não gosta do seu namorado, porque se o amasse de verdade não estaria deixando esse outro rapaz entrar na sua vida.
A dúvida significa que não tem sentimento.
A sua situação é bastante complicada, porque não quer deixar seu namorado, porque lutou muito para estar junto dele e esse outro rapaz você nem sabe o que vai dar e poderá estar trocando o certo pelo duvidoso.
Mesmo que o certo seja meio torto.
Querendo ou não, você traiu o seu namorado com esse rapaz ou seja esta agindo de uma forma errada e ele aceitou o fato de você ser comprometida.
Os dois estão errados e é natural que esse rapaz te cobre uma definição ou você larga do seu namorado por ele ou fica com seu namorado?
Como agora você está numa zona de conforto com seus pais aceitando e sem problema algum quer dar uma nova revira volta na sua vida.
Eu te aconselho a parar, pensar e analisar sobre os seus sentimentos tomando uma decisão sobre o que fazer e as consequências que viram com a tua definição.
Não brinque com os sentimentos nem de um e nem de outro, porque senão, você ficará sozinha.
Se você deixar seu atual namorado terá que reestruturar toda a sua vida e se decidir deixar o outro rapaz pode ser que ele como uma forma de vingança conte tudo para o seu namorado.
Todo ato tem uma consequência!
Toma juízo nessa cabeça e tenha mais maturidade!
Te Cuida!Espero ter te ajudado!

Leia Também:
O Problema do Amor Incondicional:clique aqui
Qual o maior inimigo das pessoas nos relacionamentos?clique aqui
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

7 comentários:

  1. Como se a novela da minha vida já não bastasse, adivinha só.. minha menstruação atrasou, fiz 3 testes de farmácia e deu positivo, vou fazer o de sangue na segunda.. tô grávida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai entrar uma terceira pessoa na sua vida, mais um motivo pra criar juízo nessa cabeça. Agora eu te faço a pergunta que não quer calar:de que é o filho do teu namorado ou do outro? Já que sua vida está enrolada você deveria ter se precavido pra não engravidar. Agora será uma criança no mundo pra vivenciar essa sua vida complicada.

      Excluir
    2. Claro que é do meu namorado! Nunca passei de beijos com o outro, que aliás aconteceu em dezembro a última vez e não acontecerá mais. Tranquei a faculdade antes mesmo de saber da gravidez. Meu namorado está feliz! Era doido pra ter um filho. Eu também sempre sonhei ser mãe, só não esperava que fosse acontecer tão rápido. Mas estou feliz, terão dificuldades, mas sei que será uma nova fase da minha vida, e acredito que uma fase boa.
      Você criou uma imagem de mim como se eu quisesse ser a "ovelha negra" da família, muito pelo contrário, sempre fiz de tudo pra ver meus pais felizes, queria sair de casa apenas casada, acontece que meu pai não aceitou que eu mantivesse relações com meu namorado e como sempre foi a "autoridade" da casa, sentiu que não tinha controle sobre mim e me expulsou de casa, foi a única coisa que contrariei meus pais em toda minha vida e foi o suficiente pra que esquecessem tudo de certo que eu já tinha feito.

      Excluir
    3. É por este motivo que eu gosto da Millena e concordo com o que ela disse a você.
      A verdade foi dita, não tem como passar a mão na sua cabeça, porque você agiu errado seja com os seus pais e até com seu namorado, afinal de contas, traição é traição e você o traiu.
      Já pensou se ele a traísse e resolvesse te largar por outra pessoa?
      Você ia ter que voltar pra casa dos seus pais que tanto brigou na vida.
      Você teve uma atitude errada, então, toma cuidado com as consequências, pois o seu ex ficante pode querer revelar ao seu namorado essa sua traição como vingança a sua pessoa por não ter sido escolhido por você.
      Já vi muito isso ocorrer e a pessoa ficar sozinha.
      Boa gravidez pra ti e toma juízo nessa cabeça.
      Como você mesma falou sabe que terá dificuldades e que o sonho da faculdade está sendo deixado de lado.
      Talvez seja uma forma de você se afastar do seu ex ficante não tendo contato com ele.
      Também concordo com a Millena que ao ter se relacionado com apenas um homem na vida, você não teve a oportunidade de ter outras vivências e nem tem outras histórias pra contar e nem terá ao menos para os seus filhos.
      Você deveria ter se prevenido e adiado o sonho da maternidade para mais tarde após estar estabilizada e com a faculdade concluída.
      Mas, agora que aconteceu, não tem como voltar atrás!

      Excluir
  2. A partir do momento que você chegou no site e pediu um conselho é porque não tem certeza do que fazer com relação ao seu ficante.A dúvida significa que essa certeza com relação ao seu namorado não é tão certa assim.A única situação que se modificou é que surgiu uma gravidez no meio.Eu também concordo com a anônima que seu ficante pode querer se vingar de ter sido rejeitado e revelar sua traição pro seu namorado. Hoje em dia as pessoas não estão acostumadas a levar um não.

    ResponderExcluir
  3. O simples fato de você leitora ter feito a pergunta se "vale a pena largar tudo pelo seu ficante?" já diz tudo e coloca essa tua
    a certeza por água a baixo.
    Concordo com a Millena sobre a reação do seu ficante em ser rejeitado que óbvio vai ser péssima e vingativa.
    Parece que a vida ou você mesma não está te dando mais a opção de escolha ou seja com um filho do teu namorado não resta outra alternativa a ser ficar ao lado do pai do seu filho.
    Se você veio num site pedir opinião alheia é porque está na dúvida.
    Você se precipitou pensando só no momento em que estava vivendo e se esquecer que do futuro.
    Que você agir de forma errada não tem como negar e a traição ao seu namorado comprova a decisão precipitada que foi tomada lá trás quando você fez de tudo por ele.
    Você abriu mão de uma série de coisas da sua vida em nome desse amor, mas, ele não.

    ResponderExcluir
  4. Sim.. vocês tem razão.. vou colher tudo aquilo que plantei e viver as consequências, mas não vou deixar que isso interfira na felicidade do meu (minha) filho (a). Desculpe se pareci grossa, não foi minha intenção, só fiquei um pouco nervosa com a situação.. Por incrível que pareça, nas últimas semanas senti que houve um sentimento maior pelo meu namorado (sem saber da gravidez) e ele está diferente. Já dei a notícia pros meus pais, ficaram em choque, porém felizes, me contaram que meu pai teve um sonho essa semana com uma criança que ele amava muito, de maneira que só havia amado a mim, mas não sabia quem era.. Da parte do meu namorado a esposa do pai dele também teve um sonho com uma menina que tinha as minhas características (nenhum dos dois sabiam de nada). Acredito que seja uma bênção de Deus, e que de certa forma Ele esteja me dando a oportunidade de ter uma nova vida apesar dos meus erros.

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet