• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

A amiga dele vive dando em cima.


Leitora:Olá Millena, procurei no site alguma história semelhante porém não encontrei, o meu caso é um tanto complicado por isso vou contar a história para me entender melhor. Tenho 20 anos e sou estudante do 4º ano de engenharia civil. Em agosto do ano passado conheci um rapaz em uma festa muito conhecida que acontece por aqui todos os anos, ele tem 23 anos e já formado em engenharia civil, dai pude ver que teríamos muito assunto, nos conhecemos quando ele me chamou para dançar e eu aceitei, ali mesmo começamos a conversar, até que rolou um beijo. Depois disso ele não me soltava mais, ficamos abraçados o tempo todo como se fôssemos um casal mesmo, eu já estava meio impaciente e queria sair correndo dali, achei estranho ele agir dessa maneira já que a maioria das pessoas que vem pra cá nessa época só querem zoação ele me perguntou se estava incomodando e eu respondi que não, e ele completou dizendo que não é do tipo que fica com várias, é uma e acabou. Enfim, foi tudo muito bom, adorei de verdade a companhia dele e no final dos shows ele me deu seu cartão de visita com o telefone. Na mesma hora que sai de perto dele a minha vontade foi de jogar o cartão fora e não entrar em contato já que não queria me envolver com ninguém, muito menos com um cara que mora a 700 km de mim. Decidi ouvir meu outro lado pra ver no que iria dar, adicionei o número no WhatsApp e mandei um boa noite agradecendo a agradável companhia. Na mesma hora ele respondeu me elogiando e dizendo que queria me ver nos outros dias, não respondi e fui dormir. No outro dia começamos a nos falar, ele querendo me ver e eu desviando o assunto porque não queria nada mesmo. Passou, a festa acabou e ele voltou pra cidade dele. Sei que depois de tudo, não paramos de nos falar 1 dia sequer, e uma coisa começou a me chamar a atenção: Descobrimos que somos totalmente parecidos em tudo, manias, costumes, jeito de pensar e agir e comecei a ficar intrigada, como pode isso? Eu não sou uma pessoa que acredita em destino e tudo mais, mas fiquei muito ligada nisso tudo e ele também, ele queria vir pra cá o mais depressa possível, porém não conseguiu férias e estava começando um negócio novo na cidade dele, e eu também estava louca querendo vê-lo. Criamos uma conexão muito forte, sei que não deveria por ser uma pessoa que eu não conhecia direito, mas se eu passasse um dia sem um bom dia dele pra mim já não tinha graça. Fomos ficando muito amigos, ele sempre compartilhando a vida dele comigo, mandando fotos, vídeos... A vontade de vê-lo só aumentava, eu passei a confiar nele demais e ele em mim, sei que parece loucura mas eu sentia uma coisa boa no meio disso. Em novembro, aconteceu um episódio um tanto ruim, ele tem uma amiga que se diz louca por ele, de tão louca ela fez um jantar romântico pra ele e postou, eu vi e senti um aperto horrível no peito, daí tirei a conclusão de que poderia estar me apaixonando. No outro dia, sem mesmo que eu perguntasse ele veio me falar do ocorrido, disse que ficou mal pela menina já que ela estava confundindo as coisas e que eles são apenas amigos, que eles são completamente diferentes e não dariam certo. Respondi sendo sincera de que fiquei mal ao ver isso, ele disse que sabia o que eu estava sentindo já que ficou assim também quando me viu em uma foto de um churrasco da turma da faculdade. Só para deixar bem claro eu não estava querendo um relacionamento, estou muito focada nos estudos e acho que não terei tempo pra isso, nem ele. Continuamos nos falando, cada dia mais, cada vez mais profundo os assuntos, ele sentia tanta confiança em mim que me contava seus segredos e me tratava como a melhor pessoa do mundo. Em dezembro, uma amiga que já estava bem por dentro do assunto me disse que passaria o réveillon na cidade onde ele mora, ela tem uma tia lá e me convidou para ir. Eu fiquei muito feliz e empolgada, logo contei pra ele e ele ficou mega feliz, só falava nisso, que iria atrás de uma festa para irmos e estava bem empolgado. Acontece que minha amiga desistiu de viajar por problemas pessoais, e faltando uma semana para a festa resolvi ir sozinha. Foi uma luta aqui em casa, minha família não queria aceitar e eu os entendia, mas nada tirava da minha cabeça em viajar. Assim mesmo eu fui, sabia que não teria o que perder, entreguei para Deus. Chegando lá ele estava me esperando, me recebeu com flores, coisa que nunca tinha acontecido, só quando eu namorava. Foi uma viagem inesquecível, a todo momento ele me mostrou ser exatamente a pessoa que me mostrou pelo celular, só que em uma versão mais carinhosa. Conheci a família dele que por sinal também gostou de mim, fomos a vários lugares, os amigos dele me tratavam como a namorada dele. Conversamos muito, ficamos e a todo momento eu disse que esperaria que o tempo tomasse uma decisão, mas que no momento não estava preparada para um namoro, mesmo com um possível sentimento que tenho por ele, ele também me disse a mesma coisa, que se sente encantado por mim e que eu o faço muito feliz, que pretende não se afastar de mim. Vim embora 3 dias depois. No meio do mês de janeiro iria acontecer um evento bem legal de música sertaneja na minha cidade e resolvi convidá-lo já que eu tinha ganhado duas credenciais. Para a minha surpresa ele veio, fiquei muito feliz, fiz o possível para que tudo fosse incrível. E foi. Só não foi tanto porque 2 dias antes da viagem dele, ele postou uma foto dele e aquela amiga dele comentou o chamando de amor, logo depois vi que ele apagou o comentário mas nem comentei nada com ele resolvi esperar para ver o que ele iria me falar. E assim foi feito mais uma vez, ele me contou que a amiga dele estava louca, e me disse que brigaram, eu resolvi ficar na minha só ouvindo. Ele nunca me escondeu nada sobre ela, ele me disse que eles ficaram há muito tempo atrás e ela nutria alguma coisa pro ele e que ele não sabia como afastar sem magoá-la, disse que ela seria louca ao ponto de se matar por ele. Eu fiquei com tanta raiva que fiz o que não deveria: Mexi no celular dele quando ele estava ausente, abri conversas dele com ela e tudo o que eu vi foram brigas, ele a todo instante a chamava de amiga, falava que não são nada além disso e era pra ela parar de paranoia, que ela era bipolar e precisava se tratar, ela se declarava pra ele, se humilhava, se fazia de vítima... Depois disso resolvi falar com ele, perguntei o que de verdade essa moça era dele e ele sempre dizendo que era apenas uma amiga, que se ela fosse algo a mais ele jamais estaria aqui comigo, mas que pretendia se afastar dela porque estava sufocando, só teria medo da reação dela, eu perguntei se ela sabia que ele estava aqui comigo, (sim, ela sabia da minha existência através de uma foto que postamos juntos quando eu estava lá). Ele respondeu que ela não sabia mas que ficaria sabendo já que postaria fotos mais tarde. Claro que fiquei com o pé atrás com isso, mas como não sou nada dele resolvi não me meter, mas ainda continuo com essa dúvida, acho que tenho ciúmes de alguém que não é nada meu. Que ela é louca eu ouvi até de outras pessoas de lá. Ainda nos falamos, muito, ontem mesmo liguei pra ele. O que eu sinto na verdade eu nem sei explicar, sei o jeito que ele me trata e é totalmente o oposto que trata a amiga, ele é muito carinhoso comigo. Acho que estou apaixonada e isso era a última coisa que queria que me acontecesse, não estou pronta para outro relacionamento... Eu não sei o que fazer, gosto muito dele e ele é um amigo e tanto pra mim, se me afastar de vez dele sei que vou sofrer, me sinto insegura em relação a amiga dele, esses dias me afastei por 2 dias para ver o que aconteceria e ele já veio louco atrás de mim dizendo que não suporta ficar sem saber se eu estou bem pelo menos. Ele se tornou importante e especial pra mim, no fundo mesmo eu não o vejo só como amigo e ao que parece ele também não. Devo insistir? Ou deixar as coisas como estão para ver no que dá? Me ajuda por favor?!
Parece que essa amiga dele tem uma certa obsessão por esse rapaz e o fato deles terem ficado a um tempo atrás contribui pra que ela achasse ou melhor fantasia-se um relacionamento. 
Pela história que você relatou não existe sentimento algum e nem nenhuma possibilidade  ou intenção da parte dele de ter um relacionamento com essa moça.
Na cabeça dele está tudo bem resolvido é é somente amizade até porque ele é sincero e honesto contigo te contando as maluquices dessa moça.
Se ele tivesse algo com ela teria te escondido e não te falado abertamente como o faz.
Caso, você tome a decisão de se afastar dele só vai fazer o que essa amiga quer ou seja que ele não seja feliz com ninguém se não tiver com ela.
A melhor atitude que ele teria é de chamar essa garota pra conversar e deixar claro pra ela que eles só tem uma amizade e nada mais.
E se afastar dela para evitar que atrapalhe a vida dele.
A realidade é que você e ele não são apenas amigos, mas, que estão se conhecendo melhor pra um possível relacionamento sério.
Eu te aconselho a deixar as coisas acontecerem naturalmente e se você perceber que a intenção dessa garota é de prejudicar um possível relacionamento de vocês dois o chame pra conversar e diga a ele pra tomar uma atitude e se afastar dessa garota.
Desistir, por enquanto não, somente se ela começar a te infernizar e tornar a relação insustentável.
Não deixe que essa garota te prejudique, porque esse o objetivo dela.
Te Cuida!Espero ter te ajudado!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

0 comentários:

Postar um comentário



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet