• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Não sei o que pensar em relação a minha mãe.


Leitora:Meus pai sempre foi uns 30 anos mais velho que minha mãe, e obviamente isso ocasionava diversos problemas entre eles.Existia agressões morais, e físicas, e eu meio que era obrigada a ver tudo.
Eu sempre tentei fazer meu melhor... E apesar disso eu não tinha um relacionamento saudável com eles, principalmente com meu pai, e até um ano eu não o chamava de pai, não só pelas brigas mas desde pequena ninguém me ensinou a chama-lo de pai. Minha mãe sempre teve um temperamento forte, sempre quer ser a certa, nunca errada, e meu pai ele é meio leviano digo em relação a mulheres.Eles a dois anos se separaram e de inicio não foi fácil de aceitar, e dai minha mãe arrumou um namorado, de inicio não gostava dele mas depois acostumei. Acho que eu realmente era bem infantil na época, e meu pai estava internado  e eu tive medo de perdê-lo por isso comecei a dar valor aos pequenos momentos com ele, comecei a chama-lo de pai, eu sei que ele fez diversas coisas, mas eu o perdoei ate porque ele tem 69 anos e se redimiu. Dai então começou os problemas por quê a família da minha mãe começou a dizer que eu era ambiciosa por querer estar com ele, começaram a inventar coisas e criar ainda mais problemas entre mim e minha mãe, que por acaso já não vivíamos bem, na época ate entrei em depressão fui em uma psicóloga indicada por uma tia minha ( que me odeia por sinal) por isso não tive liberdade de falar tudo que eu realmente quis, por isso fingi que estava bem e tudo voltou ao normal pra todo mundo,  eu comecei a tomar remédios de tarja preta e de certa forma me viciei. Eu não sei se eu sou a egoísta mas me dói ver que eu preciso sair de casa quando minha mãe vai passar o fim de semana na casa do namorado, ela alega que eu não posso ficar em casa. Praticamente todo final de semana é isso, e ela não se importa em como eu me sinto quando ela me obriga a ir pra casa da minha avó, as noites mal dormidas com minha tia ( ela possui esquizofrenia) gritando. Tem minha outra tia, mas se tornou uma possibilidade inviável, pois em 31 de dezembro do ano passado fui assaltada indo pra casa dela e não consigo ir de ônibus pra casa dela. Eu já tentei conversar com minha mãe mas não resolveu muito, ela me dá tudo que eu preciso, mas meu pai me da uma pensão razoável.
E tem o fato que tudo e qualquer coisa de ruim que acontece nessa casa é minha culpa. Moramos eu, ela (minha mãe) e meu irmão, e uma vez ela encontrou um papel com o nome "satanismo" e sei lá o que, e veio me culpar, porém meu irmão lembrou que pertencia a ele, e ela ao menos me pediu desculpas, e isso é só um exemplo.
 E amanhã mais uma vez amanhã vou para casa da minha avó, porque ela vai pra algum bloco de carnaval, e ela disse que eu só volto na quarta-feira de cinzas. A única solução que achei foi iniciar meus estudos numa escola integral. Eu a amo, mas acho que a distancia é nosso maior remédio.
Bem, isso foi mais um desabafo, eu nem sei o que falar. Obrigada, seu blog é incrível.Boa noite.
Tudo na vida tem os seus dois lados e eu vou te falar o que penso da situação que você está vivenciando te mostrando a moeda de frente e verso. 
Parece que o ambiente familiar em que você cresceu nunca foi fácil, pois sempre assistiu na plateia as brigas e agressões físicas e psicológicas dos seus pais desde cedo.
A culpa disso tudo, talvez seja dos seus pais e é o que eu sempre falo aqui no site que parece ser preconceito, mas, não é, porque muitos casais me escrevem contando suas histórias comprovando o dito por mim, relacionamento com pessoas com muita diferença de idade não dá certo, pois os dois estão em fases diferentes e isso gera conflitos.
Como o seu pai é 30 anos mais velho que sua mãe e os dois pertencem a gerações diferentes a forma de pensar é totalmente oposta.
Você tomou birra do seu pai, porque ver as atitudes erradas dele e tomou as dores da sua mãe, mas, agora percebeu que a sua mãe não é nenhuma santa na história.
Tudo bem que ela queira reconstruir a vida dela ao lado de outra pessoa o que é totalmente normal, mas, ela tem te deixado de lado por causa disso.
Pensando só no divertir e te mandando para a casa de parentes para fazê-lo.
Mas, vou te dizer que ao mesmo tempo ela tem esse tipo de atitude como uma forma de precaução e proteção a sua pessoa, parece errado o que eu estou te dizendo, porém não é.
Se você ficar em casa junto com ela e o namorado dela pode ter certeza que esse homem vai acabar dando em cima de você, porque entre você e ela, ele vai olhar para você que é mais nova.
Você deve estar pensando que exagero Millena?
A realidade é triste, a maioria de abusos sexuais e estupros que acontecem entre menores de idade são de padrastos, noivos e namorados das mães das vítimas, isso pode ser comprovado nos noticiários e por estatísticas.
Você não é egoísta, mas, está numa situação desconfortável por ter que sair da sua casa para que sua mãe passe os finais de semana com o namorado dela.
A ambição tem seus dois lados, o bom em que a pessoa é ambiciosa para conquistar os seus objetivos com esforço e dedicação e o ruim que algumas pessoas acabam querendo passar por cima dos outros para chegarem aonde querem.
Todo mundo tem ambição na vida, isso ninguém pode negar, o problema é se a boa ou a ruim.
Relacionamentos entre pais e filhos é difícil mesmo.
Eu te aconselho a tentar uma conversa séria, sincera e verdadeira com a sua mãe, caso, não consiga e nem surja resultado, tente fazê-lo com o seu pai.
Parece que você já tem a idade para escolher se quer morar com um ou com outro.
Talvez seja a solução tentar morar com o seu pai.
Se não der resultado.
O melhor é você concentrar nos seus estudos, tentar uma faculdade em outra cidade para que possa ter a sua independência, morando sozinha ou com amigas, quando chegar o momento.
Te Cuida!Espero ter te ajudado!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

0 comentários:

Postar um comentário



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet