• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Estou sem opções, nunca fui paquerado, nem sou bonito o bastante pra despertar interesse.


Leitor:Olá, Millena. Já escrevi algumas vezes antes pedindo conselhos ou apenas um pouco de ânimo. Hoje escrevo pra pedir mais um conselho. Bom, vou resumir... eu namorava uma garota que no começo me amava, mas depois, por conta de distância e de eu ter sido duro com ela as vezes na tentativa de ajudá-la com uns problemas, ela foi deixando de me amar. O problema é que eu perdi o controle desse amor e acabei amando demais ela. Hoje ela provavelmente me vê como um friend zone (detesto esse termo, pois acho pejorativo, mas é como me sinto). O pior é que não sou de sair - sou muito caseiro e introvertido - e isso sem contar que não há muitas pessoas que prestem hoje em dia. Estou com depressão crítica desde que essa namorada decidiu terminar o namoro (fora que o tempo vai passando e vou ficando mais velho - tenho 30 anos agora, e namorei essa garota por mais de 2 anos e meio). As vezes acho que ser um rapaz correto, bom e um 'homem perfeito' como já ouvi muitas vezes só atrapalha, pois as mulheres só dão atenção para os cafajestes, e só me vêem como um amigo que dá carinho quando precisam... Realmente estou sem opções, nunca fui paquerado, nem sou bonito o bastante pra despertar interesse... por favor, me ajude... estou totalmente quebrado... eu só queria alguém que me amasse e que eu pudesse dar todo esse amor que tenho guardado e receber amor em troca... desculpa a mensagem longa. Realmente preciso de um conselho...
Primeiramente, os erros que você cometeu com sua ex irão te servir para não fazê-los novamente com uma próxima namorada. 
Relacionamentos a distância tem de se ter muito sentimento, pois com o tempo eles acabam sendo minados com a falta da presença física da pessoa.
E no seu caso juntou a distância e a sua rigidez com a sua namorada que acabou por ajudar a levar esse namoro ao término.
Nem todo mundo entende a rigidez e dureza como uma ajuda, mas, muitas vezes elas são interpretadas como falta de amor e compreensão.
Aqui no site mesmo quando tenho que ser mais dura,  rígida e não passar a mão na cabeça dos leitores por atitudes erradas ou abrir os olhos deles para a verdade sem dó e nem piedade, sou criticada e chamada de cruel.
Mas, do que adianta falar que tudo será um conto de fadas se não vai ser!
Prefiro ser verdadeira e taxada de grossa do que ser falsa.
Voltando ao seu caso, você é homem, tem apenas 30 anos e está na flor da idade não tem porque ficar com neura de estar sozinho.
Devido o fato de você estar namorando e ter acontecido o término como agora terá de recomeçar e voltar a estaca zero, parece que tem um certo receio de não encontrar alguém.
Como dizem por aí " você vai ter que voltar para pista" ou seja estar disposto ou disponível para encontrar outra pessoa e ter um relacionamento.
O fato de você ser caseiro e introvertido não atrapalha em nada até porque você já namorou por 2 anos e meio ou seja o seu comportamento não te impediu de se relacionar com uma mulher.
Se você está se sentindo fora de forma, pode começar através de aplicativos de namoro para tentar conhecer alguém interessante.
Beleza é bem relativo, você não se achar bonito, mas, outras mulheres te acharem.
Não tenha esse pensamento de que homem bom, correto e perfeito só serve pra ser amigo de uma mulher e que só os cafajestes conseguem namorar alguém, porque é uma inverdade.
Nem toda mulher gosta de homem cafajeste só uma pequena parcela.
Eu vou te aconselhar a levantar essa sua auto estima e parar de só se colocar defeitos como se fosse o pior homem do mundo.
Se você quer arrumar uma namorada, comece olhando ao seu redor ou seja os lugares que frequenta como trabalho, supermercado, trânsito, rua, padaria e outros que as vezes tem pessoas interessantes, mas, que passam despercebidas pelas pessoas.
Saía e será visto, nem que seja para dar uma volta, nem precisa ser de noite, pode ser de dia mesmo.
Procure fazer uma atividade ou curso do seu interesse que seria uma forma de conhecer pessoas e fazer novas amizades.
Procure ajuda profissional para sair dessa depressão, pois essa sua ex não é a única mulher na qual você pode se relacionar, existem muitas mulheres solteiras e que assim como você estão procurando um amor de verdade.
A sua idade não te dá poucas opções, mas, outras...
Só não te peço em namoro, porque você é novo pra mim...rs
Te Cuida!Espero ter te ajudado!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

6 comentários:

  1. Moço, vc não especificou o seu conceito de 'dureza' pra ajudar a resolver os problemas dela mas, tem muita diferença entre oferecer ajuda e entre achar que o jeito certo de resolver é o seu e pronto, cuidado com isso, muitas vezes ela só queria alguém pra escutar e não pra falar que ela estava fazendo tudo errado.

    Sobre o lance do homem perfeito, talvez vc não seja tão perfeito quanto pensa, muita gente que se acha muito bom fica sozinha pq não acha que ninguém é bom o suficiente pra ele/a, fica esperto com isso tb!

    Sobre o lance do cafajeste, mulher geralmente gosta de cafajestes pq eles são extrovertidos, engraçados, bons de papo, bons de pegada e é muito melhor estar ao lado de uma pessoa assim do que de uma pessoa depressiva, chata, com auto estima baixa etc, sacou?! Vc tem que ser uma boa companhia para as pessoas quererem ficar perto de vc!

    Sobre a sua aparência, tem um exercício muito bom: Vá para um shopping grande da sua cidade numa tarde de sábado, se sente na praça de alimentação e só observe as pessoas passarem! Vc vai ver todos os tipos de casais de namorados, vc vai ver casais bonitos, casais feios, casais onde um é bonito e o outro feio, casais roqueiros, pagodeiros, roqueiros e pagodeiros misturados etc, ou seja vc vai ver que pessoas feias, gordas, magrelas, altas, baixas, novas, velhas, tímidas, caladas, escandalosas etc namoram!!! (observei isso acidentalmente em um dia que fui sozinha ao shopping e ajudou a melhorar a minha auto estima, em uma época que eu achava que não ia arrumar namorado pq não era tão bonita quando as meninas populares do colégio...)

    Saia desse mundinho fechado ao qual vc está se condenando e explore mais o que a vida tem a oferecer que vc vai acabar achando uma tampa pra sua panela!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dureza que eu me refiro foi usada depois de meses sendo leve e "passando a mão na cabeça dela" - e não funcionava. Após ser um pouco mais firme, ela até deu uma melhorada, mas custou a confiança que ela tinha em mim. Até compreendo que as vezes era melhor ter escutado, mas quando eu fazia isso, ela caia de volta ao ponto onde estava.
      Sobre eu ser homem perfeito, não sou eu quem digo - mas quem conhecia meu jeito (antes da depressão). O problema é que, como era um amor onde eu parecia estar amando sozinho - e recebendo migalhas - essa necessidade foi me esgotando (e isso durante ANOS!).
      Como uma pessoa boa demais pode se tornar um cafajeste? Em todos os sites masculinos que visito, ser cafajeste significa sair com VÁRIAS ao mesmo tempo, não dando atenção ALGUMA, se fazendo de difícil e outras coisas mais. E se eu for assim, com certeza vou é ser um babaca...
      Já fiz isso que disse de ir num shopping. Mas no meu caso, estar só e querer conversar - e não ter como chegar junto de alguém - só me deixava mais e mais pra baixo.
      Eu gostaria que a vida tivesse um manual de instruções básicas (aí eu só precisaria ler o capítulo sobre como conhecer pessoas. Detalhe: sem ter essa oportunidade - sério, empregos que tive, faculdade, e até a academia, TODOS esses lugares ou não tinham garotas, ou então só tinham mulheres comprometidas...)
      Parece até coisa de filme, mas não é ^^

      Excluir
    2. Ah sim, não me acho bom demais como disse...
      Na verdade, pra me conquistar precisaria de pouco: me amar de verdade, demonstrar que me ama, e aceitar meu amor. Isso, e ser fiel (pois sou extremamente fiel - um homem pra casar, como já me disseram).

      Excluir
    3. Com a sua ex, você não tinha um amor de verdade e sim uma acomodação da parte dela que te dava e oferecia o pouco que achava que você merecia.
      Ser cafajeste é ter várias mulheres, mas, sem sentimento e envolvimento algum, hoje é aquela e amanhã é outra e assim, por diante.
      Você é um rapaz com maturidade e não quer isso pra sua vida.
      Infelizmente, a vida não tem um manual a ser seguido e se tivesse não daria muito certo, te digo pelos casamentos arranjados de outras culturas que muitas vezes acabam por dando errado e se arrastam pela vida toda.
      Mas, para você arrumar alguém e se relacionar, a primeira atitude é sair dessa depressão, porque depressivo não tem como se relacionar com ninguém.

      Excluir
    4. Concordo plenamente, tanto que, nesse estado que estou não me acho capaz nem merecedor de um namoro (por isso estou ainda tentando descobrir maneiras de recuperar o bom humor, o riso e a alegria que eu tinha muito antes de ter meu primeiro relacionamento; enfim, voltar a ser a pessoa que eu era, e que eu gostava de ser mas que foi 'murchando' por conta das dificuldades e da falta de reciprocidade).
      Li em um lugar sobre 5 áreas onde a pessoa deve estar bem para se sentir feliz (Amorosa, Amigos, Família, Emprego e Diversões). Terei que analisar as outras 4 (pois a Amorosa é inexistente no momento) e procurar muita ajuda e conselhos pra tentar dar a volta por cima.
      Sei que vai ser difícil, mas é a única solução para eu voltar a ser a pessoa agradável que eu era (um príncipe, como algumas já me chamaram - hoje estou tão quebrado que não seria considerado um).
      Obrigado pelas dicas, Millena, e Deus continue te abençoando muito.

      Excluir
    5. Vi que essa KAT adora endeusar um cafageste. Por isso que o mundo tá assim: mulheres sendo usadas e descartadas e não sabem o porquê.

      Excluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet