• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

O que seria relacionamentos abusivos?


Leitora:Namoro a seis meses, meu namorado não me deixa nem olhar para o lado.Ele me proibiu de sair da sala nos intervalos, não posso conversar com outros homens que acha que estou o traindo.Não posso usar roupas curtas e nem femininas.Ele me disse que eu o faço agir assim e me obriga a fazer outras coisas.O que seria relacionamentos abusivos?Será que estou vivendo um?

Que não faz bem, um está invadindo o espaço do outro... 
Ele está certo quando diz que você deixou ele assim, porque de uma forma ou de outra, cada vez que você abaixou a cabeça e cedeu aos caprichos dele, você fez com que esse "poder" que acha que sente sobre você aumentasse. 
Não estou dizendo que a culpa é sua, mas, você favoreceu que virasse o que virou. 
As pessoas só fazem conosco, o que nós deixamos que elas façam.
Em um relacionamento não podemos abrir mão da nossa essência jamais. Claro que vez ou outra alguém tem que ceder, mas isso não pode virar um hábito Porque quem muito cede deixa de ser quem é e passa a ser o que o outro quer. Ele está praticamente se sentindo seu dono, cabe a você decidir se quer continuar assim ou não. 
Um relacionamento saudável é parceria, é cumplicidade, é poder falar besteira, causar ciúmes de brincadeira e rir da situação, ficar com ciúmes e depois dar risada por ser tão besta. 
Relação tóxica por dependência: a pessoa não pode viver sem seu companheiro, por isso, busca constantemente um parceiro. Sem ele, sente-se vazia e sua vida não tem sentido.
Relação tóxica por maus-tratos: Um dos membros do casal sofre abusos físicos ou maus-tratos psicológicos por parte do outro. A vítima acredita que tudo é culpa sua.
Relação tóxica baseada na mentira: Sem confiança, um casal não pode seguir adiante, a menos que um dos membros não se dê conta das mentiras (ou saiba delas, mas as aceite).
Relação tóxica baseada na idealização: Cedo ou tarde, a pessoa que colocamos no alto cai. Surgem, então, as decepções, desilusões e desencantos.
Relação tóxica baseada na absorção: Também denominados “ladrões de energia”, aquelas pessoas que se aproximam apenas para absorver tudo o que você tem de bom, e quando acabam, o abandonam.
Em todos esses tipos de relações tóxicas, a vítima é você. Você se rompe, se destrói, se machuca por dentro até ficar anulado. Assim, a outra pessoa pode fazer uso da manipulação.
Relacionamento bons são relacionamentos leves.
E, em uma relação, alguém força o outro a fazer algo, é abuso.
Namoro é um contrato aberto. Você cumpre a parte que quer e o outro decide se vai aceitar isso ou não. 
Entenda uma coisa: forçar você a fazer o que ele quer tem nome e é bem feio. Outra coisa, se ele amasse você teria atitudes bem diferentes contigo. 
Você tem tanta vida pela frente. Uma atitude sua (ou a falta dela) e vai passar o resto da vida com um homem que vai te mudar (fazer você usar roupas não femininas, tornar você uma mulher insossa, sem sensualidade) e ainda vai te abandonar depois (Entenda assim: o que ele mais gosta em você? Sua jovialidade, sensualidade latente. Bom, quando ele conseguir o que quer vai parecer uma velha beata sem vida. Que homem vai querer isso?) Eu sei, estou sendo um pouco dura, mas é porque precisa entender que tudo o que fizer tem consequências. 
Quando achar um homem que te ame e te respeite, acredite, ele vai esperar o tempo que você precisar pra te tocar. Pense bem, e seja muito feliz!
O medo da solidão unido a baixa autoestima sempre dão um resultado averso.
Até hoje não presenciei uma história que tenha tido um percurso feliz quando o começo é torto.
Espero que o sofrimento tenha lhe ensinado a ser uma pessoa inteira.
Sair dela é difícil, mas não impossível.
Termine, antes que esse relacionamento se transforme no pior!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Aconteceu algo parecido comigo. E o interessante é que suas duas últimas postagem retratam bem isso. Conheci uma garota muito legal.
    Fomos muito amigos, porém não chegou a passar disso. Éramos muito parecidos e gostávamos muito um do outro. Porém, eu, cometi alguns erros. Não sabendo lidar com meus sentimentos e com medo de magoa-la, quis afasta-la de mim. Disse coisas que, hoje, não diria. Magoei muito ela até o dia que ela não suportou mais. Tudo tem um limite e o dela já tinha esgotado. Creio que foi uma decisão muito difícil, ela gostava de mim, porém a deixava confusa. Imagino que em sua visão isso não iria acabar bem para ambos, pois com pouco tempo de relação já tínhamos tantos problemas, como seria isso a longo prazo. Quando a perdi senti muito por ter feito tudo o que fiz. Se pudesse eu voltaria atrás. Teria feito tudo de diferente; Teria dito só a verdade; Mas sabemos que isto não é possível. Tentei ajeitar as coisas, pedi perdão, contudo já era tarde demais. A princípio achei que isso era por causa de falta de "poder", por não tê-la, porém percebi que realmente a amava. Eu estava apaixonado por sua pessoa, mas não demonstrei bem os meus sentimentos. Não sei se um dia nossos caminhos se cruzarão novamente, mas espero que sim. Tenho fé que um dia ela me perdoe e me procure para tentarmos reaver o que perdemos. Conquanto aprendi muito com essa relação. Magoei, magoei! Mas Sofri em dobro! Chorei, chorei! Mas tive momentos muito alegres com ela!
    Hoje sei que devemos pensar, repensar bem antes de dizer algo que possa magoar quem amamos.
    Dê valor as suas amizades, porque quando a perdemos é que sabemos o quão importante elas eram! Entretanto já é tarde demais?!

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet