• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Sempre sinto que não sou suficiente e tenho medo de passar o resto da vida sozinha!


Leitora:Olá, primeiro desculpa pelos erros pois escrever não é meu forte agora vamos ao assunto eu queria muito melhorar essa questão acho que para você entender o motivo da munha pessoa sofrer disso tenho que contar sobre mim então vamos lá: sempre fui gorda (gordinha não gorda mesmo) hoje em dia tenho 87 com 1,59 de altura para você ter uma ideia voltando sempre fui uma criança tímida (e tenho uma leve impressão que isso ajudou na baixa estima) sofri bullying por causa do meu peso no 9 ano e desculpe o palavreado isso me fudeu mais ainda fiquei muito mais tímida e alem disso fiquei sem confiança, fui crescendo sozinha pois sou filha unica e nunca fui de ter amigos nunca fui de demostrar sentimentos pois tive que ser forte ou fingir ser para pode enfrentar o bullying sem chorar na frente da escola inteira (e isso fez com que meus pais não se importassem em demostrar amor por mim e isso esta me deixando mal também). Sei que ficou muito confuso mas espero que der para entender, hoje em dia eu tenho desconforto em sair em publico, sempre sinto que não sou suficiente e tenho medo de passar o resto da vida sozinha pois ninguém nunca vai olhar para mim...
Parece que na sua vida juntou a timidez e o fato de você ter sofrido bullying por ser gordinha o que acabou por diminuir a sua auto estima. 
As duas situações só vieram a piorar com o passar dos anos porque não foram resolvidas na sua cabeça e por essa razão hoje sua vida se tornou o que é uma retração diante das outras pessoas.
No caso do bullying, eu vou te aconselhar como a melhor forma de resolver esse trauma é procurar ajuda psicológica que só assim te fará  apagar da mente a situação sofrida.
Eu como também a maioria das pessoas sofremos bullying na vida.
No meu caso era por ter corpo enquanto as outras meninas não tinham.
Com o tempo acabei aceitando o que era inevitavelmente , pois sou assim e não tem como negar.
E quanto a ser gordinha, você tem duas opções tentar emagrecer porque não está satisfeita com o seu corpo , mas, por você e não pelas outras pessoas.
Mas, se achar que não é necessário e nem é a sua vontade, então, procure se amar mais.
Você é uma mulher linda e tem de ter mais amor próprio.
Na minha opinião timidez é um charme ou seja você pode usá-la a seu favor.
Eleve a sua auto estima e mostre que é mais você.
Se valoriza!
Os outros são os outros e você é você!
Não deixe que um trauma de infância e seu tipo físico atrapalhe a sua vida!
Levanta sacode a poeira e dá a volta por cima!
Te Cuida!Espero ter te ajudado!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Um comentário:

  1. Moça, eu sou magra, tipo magrela mesmo, sem peito, cabelo enrolado, o seja vários motivos pra sofrer bullying... Quando criança pegavam no meu pé por causa da magreza, quando adolescente/jovem eram as amigas tentando 'ajudar', era um 'pq vc não coloca silicone?', 'pq vc não faz escova no cabelo?, ia ficar bem melhor' etc. Fora os colegas de trabalho comendo as garotas 'gostosas' com os olhos e falando que deviam inventar o bolsa silicone pra todas ¬¬

    Por muito tempo eu pensei que ninguém ia se interessar por mim com tantas 'opções melhores' disponíveis... Sabe o que me fez ter outro ponto de vista? Passar uma tarde no shopping! Um dia eu fui ao shopping sozinha comprar um livro (típico de uma pessoa nerd e tímida...), sentei na praça de alimentação perto da entrada do cinema e comecei a observar os casais passando. Tinha casais de todos os estilos, eram meninas magrelas, gordinhas, bonitas, feias, altas, baixinhas, cabelos lisos, enrolados, pele bonita, pele com espinhas, roqueiras, hippies, patricinhas, super maquiadas, sem nem um batom, risonhas, caladinhas etc combinadas com caras magros, altos, baixos, fortões, gordinhos, magrelos, charmosos, desengonçados, de terno, de bermuda e chinelo etc e a grande maiorias deles pareciam bem felizes um com o outro, cada um do seu jeito, enquanto isso lembrei de amigas muito bonitas que estavam solteiras, reclamando que os homens não querem relacionamento sério... Nesse dia percebi que no fim das contas a aparência não importa tanto, ela facilita vc ser popular no colégio, se dar bem na balada mas no fim das contas não vai ser decisiva.

    Pare e observe o mundo a sua volta, vc vai perceber que conhece pessoas bonitas sozinhas e infelizes e pessoas bem mais feia que elas em bons relacionamentos, com bons amigos, isso pode ter ajudar a tirar essas paranoias da cabeça e começar a cuidar melhor do seu conteúdo pq no fim das contas não vai importar se vc é uma pessoa gordinha, vai contar é se vc é uma pessoa alegre, gentil, boa companhia.
    Essa barreira que vc criou para se proteger está afastando as pessoas mais que seu peso...

    ResponderExcluir



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet