• Titulo 1 Receitas deliciosas para você arrasar na cozinha!
  • Titulo 2Dicas e posts de ajuda para blogueiros/as
  • Titulo 3Papo sobre relacionamentos, amor, separação...
  • Titulo 3Tecnologia, partilha de dicas e muito mais!
  • Titulo 3Depoimentos e histórias
1 2 3 4 4
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Desabafo de uma mulher solteira.

Sou solteira e estou feliz e satisfeita com isso, mas, o meu estado civil parece incomodar algumas pessoas que vivem a fazer aquelas velhas perguntas:Por que você não se casou ainda?Você é homossexual?Você está encalhada?Ninguém te quis?Você prefere ficar pra titia e solteirona pro resto da vida?Você é assexuada?Você não vai ser mãe?Você não vai ter filhos?
Sobre as cobranças para ter um namorado e quem sabe um marido, as pessoas brincam de colocar o meu nome  para Santo Antônio, o casamenteiro, mas, eu  não dou muita chance para as piadas. 
Estou muito bem resolvida. Isso não me incomoda. Pagar para ver como é viver consigo mesma é uma experiência pela qual todos deveriam passar. 
Tenho amigas que nunca ficaram solteiras por medo. Tem gente que prefere ficar deprimido numa relação a experimentar solteirice. Isso é uma bobagem.
Não sei explicar, mas, minha solteirice nunca me incomodou, ao contrário das outras pessoas que sempre me questionaram qual o motivo e não me entendiam.
Ao mesmo tempo muitas pessoas admiravam minha coragem e diziam que se pudessem fariam o mesmo, pois tinham se agarrado na primeira pessoa que apareceu por medo da solidão, carência, comodidade, pressão familiar, dar satisfação a sociedade, solução de problemas, cobranças e não sofrerem críticas.
Coleciono decepções, mas, parece que tudo quanto é  homem que não  presta olha pra mim.
Chega um dia em que a pessoa cansa e resolve tomar  vergonha na cara e se blindar  contra homens cafajestes, que não  prestam, ordinários, idiotas e babacas.
Os tipos de homens que olham pra mim na maioria das vezes são comprometidos e com filhos que me enxergam como uma amante.
Por algum motivo passo a imagem errada para os homens, talvez por ter um corpão, muitos acham que sou apenas um pedaço de carne e não uma mulher de carne e osso que tem seus sentimentos.
Um dia na praça de alimentação do shopping, um homem com mulher e filho de colo começou a me olhar, a esposa, logo percebeu e fechou a cara pra mim como se eu fosse a culpada.
A maioria das mulheres acham que os homens são uns santos e as mulheres é que não prestam, sendo que uma boa parcela dos homens são cafajestes e ordinários.
São comprometidos e gostam de experimentarem o capim do vizinho por acharem que são mais verdes que o deles.
Fiz uma última  tentativa  e descobri mais uma vez que era um cafajeste e quase cai na lábia.
Ele é bancário e um belo dia entrei no banco pra pagar uma conta e ele puxou conversa, pediu meu telefone e eu não vi nada demais acabei dando.
Fiquei por algum motivo com o pé atrás e logo, pensei que ele fazia isso com outras também, porque o banco é um lugar onde tem um público feminino considerável.
Enfim, eu sempre peço a Deus pra ver ou descobrir o que não estou conseguindo enxergar e não deu outra, acabei vendo e descobrindo a verdade antes de um possível envolvimento com esse homem.
Ele é casado e tem uma filha com uma outra pessoa na Bahia.
Acabei vendo os dois na rua juntos um dia, mas, ele não me viu e um outro dia juntos de carro na minha cidade.
Provavelmente, ela deveria ter vindo vê-lo.
Os homens tem essa mania de mesmo estando comprometidos quererem abrir a fresta da janela e experimentar ou melhor ter um caso extraconjugal.
Como ele não usava aliança, provavelmente porque quer aparentar não ser casado longe da esposa ou vive uma união estável a distância e por esse motivo nem deve ter feito tudo nos conformes no cartório, por essa razão nem utilizaria o acessório.
Se me envolvo com um homem desses aos olhos dos outros sou eu a que não presta, porque dificilmente alguém acreditaria que eu desconhecia a situação.
Eu fiquei muito chateada, mas, ao mesmo tempo contente por ter me livrado de um grande problema e simplesmente sumi e o ignorei da minha vida.
Por isso que sempre digo, cuidado mulheres relacionamentos a distância são um perigo para possíveis traições, claro que nem todos, mas, uma maioria sempre acontece!
Olha o meu caso, ele aqui em Minas e a mulher e a filha na Bahia.
Descobri com um amigo que trabalha junto com ele que eu era a terceira na qual ele tentava se envolver como "amante" enganando para se passar como namorada.
Ele até me orientou a denunciá-lo por assédio, mas, o problema seria provar tal situação e eu dei abertura para que ele me paquerasse o que não configuraria tal situação e ao mesmo tempo só pareceria uma forma de vingança de mulherzinha que quer dar o troco por ter sido enganada!
Aprendi a lição de jamais dar confiança e nem meu telefone a pessoas desconhecidas porque mais tarde podem me dar uma tremenda dor de cabeça e hoje em dia ninguém é confiável.
O simpático pode ser um homem comprometido, o atencioso pode ser um homem violento, o educado pode ser um homem com filhos...
As vezes caímos em cada armadilha e quando tentamos sair delas pode ser tarde demais!
Todo relacionamento dá indícios de que alguns acontecimentos decepcionantes irão acontecer cedo ou tarde.
A falta de reciprocidade é um dos maiores indícios de que existe algo de errado num relacionamento.
Uma situação é uma pessoa dizer que ama e outra é demonstrar com atitudes.
A pessoa diz que te ama, mas, mente.
A pessoa diz que te ama, mas, te trai.
A pessoa diz que te ama, mas, vive dando desculpas esfarrapadas.
A pessoa diz que te ama, mas, sempre termina e volta.
A pessoa diz que te ama, mas, quer ficar sozinha por um tempo.
A pessoa não te ama, pois, se amasse de verdade teria atitudes bem diferentes.
Na maioria das vezes, as pessoas vivem com precipitações com excessivos "eu te amo"e pedidos de casamento, quando na verdade o relacionamento está mesmo é desgastado e cansativo.
Parar de insistir,  pois ficar se humilhando, indo atrás de pessoas que a rejeitam, com a inocência de que haverá mudança é pura ilusão.
Não sendo a capacho que faz tudo o que ele quer, mas, a mulher dona de si mesma e que tem personalidade e atitudes para as coisas da vida.
Nada de ser a boazinha demais, mas, sim a mulher mais decidida.
Os homens só fazem conosco, o que nós deixamos que eles façam.
Se tomarmos atitudes e dissermos não, a situação muda de figura.
Entre paixões, amores, desamores, sofrimentos, decepções, traições e enganações, acabei percebendo que ficar solteira pra mim era o melhor! 
A vida é feita de escolhas e eu fiz a minha, não espero que as pessoas aceitem, mas respeitem!
Não tenho vergonha nenhuma de ser solteira.
Eu teria vergonha de matar, roubar ou cometer qualquer crime.
Quando se tem uma certa maturidade e se é bem resolvida lidar com a solteirice se torna fácil.
O importante é estar feliz consigo mesma.
Dias desses encontrei com um colega de escola que há anos não via e logo me indagou: Você não se casou,  nossa eu já casei duas vezes e estou bem mais evoluído que você!
Eu simplesmente disse a ele que casamento não é evolução para nenhuma pessoa , porque ter muito relacionamentos não significa nada.
Os números não representam nada, até porque tenho uma colega de faculdade que deu uma de Fábio Júnior e casou nove vezes, mas, continua cometendo os mesmo erros do primeiro!
A maioria das pessoas relacionam casamento com felicidade e nem todo mundo que é casado é feliz!
Muitas pessoas da porta da rua pra fora vivem um conto de fadas aos olhos dos outros, mas, da porta da rua pra dentro vivem um inferno com brigas, agressões, humilhações e outros.
És feliz consigo mesma? Como lida com a solidão?
Se você responder que não consegue ficar solteira e que fica infeliz sozinha, temos um problema! Curtir a própria companhia é uma das coisas mais importantes na vida, pois somente assim conseguimos tomar boas decisões.
Geralmente as pessoas se unem umas às outras por não terem nada melhor no momento, por carência e por medo de ficarem eternamente sozinhas.
Ah, mas, pode ser que amanhã ou depois apareça alguém na minha vida, pode até acontecer, mas, vou ter a máxima cautela possível para dar uma chance e perceber se vale mesmo a pena ou não.
Amante eu não serei e traída jamais!
Muitas vezes, as pessoas acham que merecem certos tipos de relacionamentos, mas, nós merecemos bem melhores!
Enquanto, não aparece a pessoa certa, se é que existe a pessoa certa, eu não me divirto com as erradas e sim permaneço solteira e feliz!
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

0 comentários:

Postar um comentário



Receitas da Millena

Atualidades

Relacionamentos

Internet